Show Posts

This section allows you to view all posts made by this member. Note that you can only see posts made in areas you currently have access to.


Messages - Ricardo Marcelino

Pages: 1 2 [3] 4
31
titlerFactor 2 / Re: rFactor 2 - Updates
« on: June 25, 2019, 15: 55 »
A pergunta que se coloca é... Qual destes packs poderá ser oportuno para futuros campeonatos aqui na PTSims?

 :diablo:

32
É o que dá não limpares os pedais depois de andares na ralizada!

33
Segue o meu report!

Foi a primeira corrida neste campeonato e assumo a responsabilidade de não ter treinado muito quer para a 2ª corrida, quer nos treinos que ocorreram várias semanas antes da 1ª corrida!

Assim sendo, quando andei a treinar para esta corrida... percebi logo que para ser minimamente competitivo tinha de andar à procura dos limites, o que levou a muitas voltas por finalizar! Pista muito divertida, mas técnica com as suas lombas, e sem folgas. Verdadeiramente para machos!  :training1:

Na corrida saí de 13º e foi relativamente simples, manter-me calmo, não abusar, desviar-me dos acidentes, ir defendendo a posição e... ir aproveitando! De realçar a pressão do Carreiro que, num erro meu, aproveitou para passar. Sei que também andou um GTR da Carbor8 que não sei quem foi embrulhado com a gente, e que consegui passar por 2x trazendo alguma emoção à corrida  :drinks:

No terço final da corrida estava +/- a correr sozinho, com a raposa Fernando Silva atrás a começar a criar pressão. Foi a parte mais dificil da corrida sinceramente, porque comecei a com receios de fazer um erro e destruir a corrida. Nisto comecei a atacar algumas curvas de forma mais receosa, perdendo tempo. Obrigado ao mestre por me ter ajudado a manter a calma na reta final da corrida!  :friends:

Felizmente aguentei-me e cheguei a 9º. Um Top 10 ambicionado mas que sabia ser dificil. Aliás, um Top 10 com alguma sorte, pelos azares dos outros, exemplo do Carlos Santos e José Almeida. Veja-se pelo facto também de o meu parceiro Francisco Reis ter acabado em 11º com azares logo no inicio. Para esta corrida era mesmo importante evitar confusões, o que abonou a meu favor!

Marcelino eu estive a ver o replay e eu também sou um bocado optimista a por o carro ali, como tinhas falhado a travagem fico com a ideia que vais deixar espaço pois eu tinha de meter lol. Foi a meu ver um toque normal de corrida mas se quiseres discutir isso melhor vem cá a casa e trás cerveja! ;)

Tenho todo o gosto em aparecer e trazer cerveja, independentemente do motivo!
Para mim tudo certo, ali o lugar é teu pelo facto de eu ter feito um erro e alargado muito. Como disse o único tema era esclarecer que o meu movimento não foi de defesa, mas sim porque não dei conta que estavas/apareceste por dentro. Ali naquele angulo é mais dificil só com 1 ecrã e helicorsa. Fiquei foi aliviado de não ter criado confusão em pista!

Abraço!

34
Bom, vou fazer um apanhado da prova de Mosport com esta.

Depois de um 6º na qualificação e na classificação geral em Mosport, o meu melhor resultado no campeonato, tinha esperanças de conseguir ainda conquistar um lugar no Top 10 na Geral desde campeonato.

Pelas contas, o meu alvo a abater para a última prova era o Vasco Lemos. Precisava de fazer uma excelente corrida e esperar uma não tão boa da parte dele!
A ideia era ter treinado intensivamente para Suzuka mas... circunstancias da vida não me permitiram e tive apenas 2 oportunidades para treinar, fora o periodo de treinos da corrida.

Na qualificação estava a batalhar... estava a fazer os mesmos tempos de deposito cheio e vazio! No entanto no fim, lá consegui tirar 2 décimas, fundamentais para qualificar em 7º, à frente do Vasco.

A corrida começou bem, defendi as investidas e fiquei a circular em 4º quando a coisa acalmou. Mas depois, e é bem feita porque não treinei o suficiente para as minhas ambições, perdi o carro nos Ss e algumas posições. Voltei mais tarde a perder no mesmo sitio, e a cometer mais 2 erros que me custaram tempo...

A minha estrategia de boxes não resultou para ajudar e estava a ver o Top 10 cada vez mais longe. No fim ainda aproveitei o despiste do João Miranda para acabar em 7º.

Olho para a Classificação Geral do campeonato e... 10º? Beneficiei do azar do Sandro Simões para ficar no Top 10 e, para ajudar confusão, a 3 pontos do Vasco Lemos. Uma posição acima e tinha agarrado o 9º.

Uma grande lição de persistencia, onde todos os pontos contam e onde é preciso concentração e sangue frio para rodar neste Top 10. Para muitos pode ter sido um aquecimento do GTSeries 2019, para mim certamente foi, mas sei que vai ser muito mais dificil arranjar um lugar no Top!

Resta-me agradecer à minha equipa. Eles sim são o Top, diversão, apoio e entreajuda. É uma honra! Agradecer também ao Fábio por ter feito dupla comigo. 5º nas duplas!!

Por fim, obrigado à PTSims e ao diretor Carlos Miranda. Correu sem espinhas, excelente campeonato!

Até à próxima!

35
Track Guide:

Oh, pensei que era um feito pelo José Almeida.... Ri-me tanto!!  :lol:

Esta tem mais qualidade  :biggrin:
Oh, tem nada!! Fartei-me de rir com os comentários daquela pista com os Lamborghini!!  :lol:


36
Já no fim de semana de Spa tinha tido 2 provas de karting (uma com viagem ao Porto!), e neste fim de semana foi mais uma dose... Estava bem cansado!

Felizmente antes disso ainda dei umas boas voltas e uma tentativa de simulação de corrida. Pelo menos já sabia para que lado eram as curvas.

A Qual até foi correndo bem mas na reta final houve muita gente a melhorar. Fiz basicamente a Qual toda com os parachoques rebentados, mas pronto  :unknw:

Na corrida já foi bem mais tenso. Depois de seguir no comboio da Playteam, estava a ser seguido pelo Carlos Miranda, onde consegui gerir e defender a distância, mas o perigo estava lá. Como já tinha os parachoques rebentados e o vidro partido, fiz uma paragem mais cedo para tentar fazer algumas voltas rapidas com o carro novo. Infelizmente a reparação demorou muito tempo, tempo esse que foi o suficiente para na paragem do Carlos ele seguir na frente.

Entretanto, ao aproximar-me do Carlos, aparece o Zé cheio de pressa e já encostado a mim. Eu, na minha curva "favorita" - Sulman Park - onde passei metade do tempo encostado no muro, devo ter desligado o cérebro e em vez de ir com cuidado fui à boss. Fui em frente e mandei uma cacetada na parede e fui parar ao espaço!  :crazy:

Vá-lá, o jogo meteu-me na box, e ainda deu para sair. Tinha confiança que ia chegar ao Carlos e agarrar o Top 10, mas deu para 15º mesmo assim. Felizmente não foi DNF...

Parabéns à malta da Playteam, com o Fernando a fazer 3º e o resto da malta no Top 10! Um obrigado ao Fábio Costa pelas afinações, que me fizeram aproximar dos tempos do grupo  :good:

37
Não trouxe grandes expectativas, nos treinos antes do dia da prova estava com dificuldades em rodar nos 57, nem sei se cheguei aos 56.

No dia da prova rodei durante os treinos no 56 e para a Qual consegui tirar quase 1 segundo. 1.55.78 e 13ª posição.

No Warmup tive um bom arranque e aproveitei para rodar bem colado à malta, foi um excelente aquecimento!

Para a corrida não arranquei tão bem, mas na travagem para a T1 colei na malta. Ainda tive de me desviar pela relva para fugir ao Carlos Rodrigues, perdendo um par de posições, mas mantendo-me próximo.

Sabia que não estava muito rapido, portanto a concentração era imperativa, com o sangue frio e calma a terem de se evidenciar se queria chegar ao fim desta corrida. Formou-se um comboio comigo, João Coutinho, Francisco Reis e Tiago Gouveia. Fomos tendo algumas trocas de posição, tendo rodado entre o 10º e 8º. Quando a coisa estava mais ou menos estabilizada com o Francisco e Tiago à minha frente, decidi parar antes deles. Consegui fazer umas boas voltas limpas e passei para a frente do Francisco na paragem dele. Rodei no 5º lugar depois das paragens.

A partir daqui foi o festival! O Francisco tem estofo de campeão e mais uma vez decidi não lhe dar a minha posição de mão beijada. No entanto ele passa para a minha frente e ali fomos os dois até sermos apanhados pelo José Almeida. Depois o Francisco despista-se, o Sandro Simões aparece e tivemos uma boa disputa, o Almeida despista-se, o Francisco apanha-me e ultrapassa-me, o Almeida apanha-me e ultrapassa-me e do 5º após as paragens, cai para 8º, posição final.

Fiquei contente com a minha prestação, principalmente pela consistência que tive, apesar de não conseguir ter tido rapidez para agarrar o 5º. Mais um Top 10, depois de não ter conseguido acabar em Spa. Foi uma excelente corrida e agradeço pelas disputas  :thank_you2:

Seguem agradecimentos à minha equipa e ao meu colega de dupla por ter posto a fasquia alta para esta corrida! Muito bom andamento do Fábio, mas para Bathurst vamos treinar porta a porta  :diablo:
Agradecimentos à SRT pela companhia nesta corrida e pelo apoio dado. O Simracing é isto mesmo!  :drinks:

No fim, os parabéns às raposas pelo andamento de topo. Parabéns ao Domingos pela vitória e ao Fernando pelo "quase" pódio.

38
Finalmente, mais um objetivo cumprido: terminar num Top 10. Melhor ainda numa grelha preenchida e com muitas caras conhecidas do GTSeries 2018! No entanto...

Confesso que não treinei muito, mas tive algumas oportunidades de dar umas voltas, tendo treinado mais intensamente no dia anterior à corrida e no dia da mesma. Muitos despistes, muitas tentativas de melhorar o andamento, chegava a entrar no Sector 2 com -0.5s mas entre a saida do mesmo e a entrada no Setor 3, ia tudo fora. Não sei se é caracteristica do Ferrari 550, mas não lhe sinto muito a frente.

Na Qualy, não consegui concretizar um tempo forte, atirando-me para 15º. Tive um bom warm-up e bons arranques!

No entanto no arranque que contou para a corrida, acabei por não sair tão bem e a ser cauteloso no inicio, mas com os azares dos outros, saltei logo para 10º. Vinha a aproximar-me do Francisco Reis e do Tiago Gouveia (salvo erro), quando os mesmos se despistam a disputar posição. Salto para 8º! Fui aguentando as investidas do João Carreiro, tendo perdido e conquistado novamente o 8º. No entanto, o Francisco recuperou terreno e chegou aos meus espelhos. Tentei aguentar mas o ritmo dele estava forte, e não consegui acompanhar naquela altura, com o Hugo Marques também a ganhar-me posição, estando eu a rodar em 10º na janela das boxes. Tentei aplicar um undercut ao Hugo, mas ele entrou na mesma altura que eu!

Troca de pneus e abastecer de gota e siga. OK! Pneus novos dão outra confiança. 2º stint para não comprometer e tentar sacar o 10º!

Saio para a pista em 15º salvo erro, retificado para 7º com as paragens dos outros pilotos. Deu para ver que alguma coisa não correu bem com alguns pilotos nas paragens da box... Tinha margem para 3 perdas de posição, se acabasse no top 10 já sairia vencedor. O Francisco Reis apanha-me novamente, desta vez nem discuti, decidi não disputar a T4 (Raunch): 9º. No entanto o Francisco tem um azar com o Nuno Rodrigues numa dobragem e recupero a posição, tendo subido para 6º após alcançar o Ricardo Fernandes! Agora aqui é que aquece...

O Francisco alcança-me pela 3ª vez. Não é por acaso que já tem títulos na bagagem! Mas desta vez decidi que lhe ia dar luta. Tentei evitar a ultrapassagem mas sem sucesso, o Francisco salta para 6º. Tentei não me ficar, acompanhando-o e disputando as travagens o mais que conseguia, e com bom resultado, recuperei o 6º lugar e mantinha-me nele à entrada para a úiltima volta. No entanto, a gerir a retaguarda, a concentração e o coração na boca, travei um nada tarde de mais para a T1, permitindo uma melhor saida do Francisco. Ainda tentei mas já era tarde de mais o 6º era dele (e depois de me apanhar 3x, mais que merecido).

Tive alguma sorte com os azares de alguns pilotos, quer em despistes, quer com problemas nas boxes, que perderam posições à minha frente, mas acho que esta foi possivelmente a corrida mais consistente e exigente que fiz. Valeu a experiência de car control ganha no DRM. Aplica-se bem a estes GT1! Valeu também a estreia num Top 10, algo que andava a lutar e me escapou por várias vezes. Não saio 100% satisfeito porque no fundo no fundo... o objectivo principal é ganhar. Já quando fiz a minha melhor corrida de sempre nos karts, só pensava no que poderia ter sido se tivesse saido melhor na curva X e apanhado o gajo da frente  :crazy:

Os parabéns aos meus colegas da Playteam, e obrigado pela ajuda na afinação do carro!

Parto contente para Spa por um optimo resultado, mas mais do que consciente de que daqui para a frente só vai ser mais dificil, portanto tenho de trazer o meu máximo para a Bélgica.

Até lá


39
- Equipa: Playteam Race For Fun
- Piloto 1 e GUID: Ricardo Marcelino / 76561198186377650
- Carro Piloto 1 Ronda 1: Lotus Elise SC
- Carro Piloto 1 Ronda 2: Lotus Exige Scura
- Carro Piloto 1 Ronda 3: Porsche 911 Turbo S
- Carro Piloto 1 Ronda 4: Ferrari La Ferrari
- Piloto 2 e GUID: André Silva / 76561198009307067
- Carro Piloto 2 Ronda 1: BMW 1M
- Carro Piloto 2 Ronda 2: Nissan 370z Nismo
- Carro Piloto 2 Ronda 3: Lamborghini Gallardo Sl
- Carro Piloto 2 Ronda 4: Mclaren P1

40
Não conhecia a pista e tive oportunidade de treinar quer em seco quer em molhado! Pensei que iria ser tão facil como foi decorar Istanbul, mas nem por isso... parece fácil mas tem algumas manhas, mas a coisa lá foi ao sitio! Gostei imenso da pista!

No dia da corrida tentei ir treinando com Wets e Softs, para perceber a rapidez do carro e comportamento, caso houvesse uma aberta para Softs que justificasse apostar.

Uns dias antes tinha experimentado fazer um overclock na gráfica e experimentar nos treinos. No fim dos treinos quando fui ver, não estava aplicado. Apliquei e estourei com o rFactor 2. E como à primeira não foi lição, ainda mandei mais outra. Tudo isto entre o fim dos treinos e inicio da qualificação.   :fool: :crazy:

Fiz 2/3 da qualificação e não estava a conseguir meter um tempo. Acho que fiquei um bocado viciado com a pista menos alagada dos treinos. Fiz 21º, muito aquem da minha qualificação no molhado em Istanbul...  :(

O arranque foi uma treta... cá atrás ninguém ouviu o semáforo (é dificil ver, era a unica deixa que ajudava). Parecia que estavamos a arrancar para volta de formação...
Eu que sou o lambão da primeiras curvas, desta vez não correu bem. Com o Fábio Costa à minha frente, reagi mal a uma aberta e acabei por dar um toque na traseira dele, danificando o nariz do carro.

Depois fui rolando, e prái na volta 3 ou 4, alguém deixou uma placa na linha de corrida já a chegar à linha da meta. Dei um toque com a roda frente direita, danificando a suspensão (azul escuro). No entanto não senti grande diferença, se bem que, agora que estou a escrever, estava com dificuldade a fazer as esquerdas!  :mda: Fui rolando um bocado a medo, pois estava com bastante receio de não acabar, cometendo alguns erros até à primeira paragem.

Durante o 2º stint, com pneus novos e grip maior, senti um bocado mais de confiança. Parou a chuva e começou a aparecer um pouco mais de grip. Foi aí que a confiança disparou e comecei a rodar bem mais rápido. Tentei adiar o máximo possivel o 3º stint para perceber o estado do tempo. Felizmente a chuva veio precisamente na minha última volta do stint, que fiz a pisar ovos porque estiquei o combustível. Wets novos e pista molhada, mais lento mais cheio de confiança, ataquei a pista de forma serena, porque era preciso chegar ao fim à mesma. Deu ainda para ir acompanhando alguns pilotos rapidos que me dobraram, provavelmente com pneus gastos.

Consegui um 13º lugar, menos mal!

Não cumpri o meu objectivo de acabar uma prova no Top 10 e acabo com 3 DNF (um deles descontado). No entanto adorei os carros e o campeonato. Tal como o GTSeries, a confiança no carro foi subindo prova após prova.

Para terminar o que já vai longo, quero fazer referência à Playteam e à SRTeam. Apesar de sermos equipas distintas (com o Fábio Costa da Playteam a fazer dupla na SRTeam com o Carlos Rodrigues), acabámos por fazer o campeonato praticamente todo juntos. Agradeço aos meus companheiros pelo puro espírito de equipa!

Quero agradecer especialmente ao Carlos Rodrigues. Foi o engenheiro de todos na Playteam, mostrando que o Simracing é suposto ser uma diversão e, apesar da competitividade que também tem de existir, existe um enorme fair-play e partilha. Que sirva de exemplo ao resto da comunidade que há espaço para tudo e principalmente espaço para sermos uns para os outros.

Um Abraço a todos, e até à próxima disputa!

42
Penso que finalmente me posso apelidar de Simracer, depois de passar por abandonos por danos, por nabice e por falta de Internet. Só me falta abandonar de raiva, mas eu prefiro não desistir  :dirol:

Claro que te podes apelidar de simracer, porque usas o melhor simulador e mais complexo da actualidade e porque nos fazes companhia todas as quartas-feiras, é sempre um prazer correr com 23/25 gajos que gostam disto! Em relação à aprendizagem isso é uma coisa que vem com o tempo, todos aprendemos, ainda ontem aprendi mais umas coisas, porque chuva foi algo que pouco ou nada me "calhou" na rifa em corridas no rF2. Todos já estivemos aí, calma que as coisas melhoram com o tempo e à medida que fores ganhando experiência...  :good:

Obrigado pelas palavras!  :drinks:

43
Vou só deixar uma nota às dobragens, hoje correu muito mal mesmo... nesta altura do campeonato alguns ainda não perceberam que estando atrás deles em curva, não fazemos milagres para passar a voar, há que facilitar depois um pouco. Hoje desde curvas a par, mais de meia volta atrás de alguns e toque ao tentarem desdobrar porque iam com pneus secos, houve de tudo.  :help: :help: :help:
Pedro, aviso já que não é para atacar nem nada do género... É somente para toda a gente ter em atenção a isto no futuro, aqui ou em qualquer lugar!

Estas a dizer que viste de tudo, mas, o que te estas a referir foi que viste de tudo com pilotos que estavam em corrida, certo? É que eu vi pilotos parados na linha de pista na Q2, quando nem estavam a correr nem a fazer volta rápida, nem nada.... Podes ver o replay no 27:00 e já vês ao que me refiro... E quando nem um pedido de desculpa há, nem um comentário sobre isso há, nem sei se te apercebeste bem do que fizeste ou se então foi mesmo por "jogo de interesses". Mas pronto, sempre a considerar!!
A todos, um bom exemplo do que não se deve fazer, nunca!

Uma vez que aproveitaste o fórum para falar de dobragens, vou aproveitar para falar novamente disso... Sei que isso não foi para mim pois nem fui dobrado por ti, nem me desdobrei de ti... Estou só a falar isto pois também já sofri do mesmo, e ontem mais uma vez mostrei o meu bom senso quando as coisas são ao contrário... Por sso, isto é para todos! Desdobrei do José duas vezes, mas, não quis nunca que ele abrisse nem iria nunca arriscar uma passagem que fosse... Posso garantir que levantei o pé em retas precisamente para não ir disputar a travagem no molhado, ia dar m****... E, não menos importante, medi bem o que ia fazer para a seguir não ir ele a apanhar o meu cone e estragar lhe a aerodinâmica toda, e para não andar a receber bandeiras azuis... Por isso, a única forma de o passar limpo e sem estorvar era somente na última reta na curva da direita, mas a entrar por dentro para no apex apanhar a pista seca... E depois tentar fugir nas duas últimas e na reta... A corrida do José também era a minha corrida no fundo... Estou a disputar o  p2 do campeonato com ele e  DNF dele dava muito jeito! Podia ir ali na cola a tentar provocar o erro dele e consequente toque ou perda de lugar, o que fosse... Mas a minha forma de ganhar não é com o prejuízo dos outros mas sim com o meu melhor andamento! E quando não há andamento, paciência..... Não vou estragar é o dos outros....

Abraços e venham as próximas!!  :drinks:

Foi isto?

https://youtu.be/t9tck0S-SmU?t=1625

44
Com menos um dia (segunda-feira) de treino, tive de tentar maximizar ao máximo o dia de terça-feira para aprender uma pista desconhecida e ainda por cima encharcada. Felizmente consegui decorar a pista rapidamente!

Vim para o dia de corrida a contar com fazer uma corrida extremamente cautelosa e defensiva. Na Qualificação tentei apenas fazer o melhor que conseguia enquanto ia aproveitando para treinar.

Na Q1 acabo por fazer 1:49.0 na minha última volta o que me colocou em 13º. Aparentemente deu direito à Q2 e assim sendo, vamos para mais uma voltinha. Não fiz melhor, mas mesmo assim fiz melhor que outros 2 pilotos, tendo ficado com o 11º lugar para a partida.

Partida extremamente cautelosa, na primeira volta ainda me mantive colado ao pelotão da frente derivado ao comboio, mas a diferença de andamento para os da frente rapidamente evidenciou um fosso. Entretanto o meu colega Paulo Sousa vinha a acompanhar atrás de mim, e identifica que o meu carro andava ao pulos, a aparecer/desaparecer. Decidi dar a posição para não criar nenhum problema, mas também para o deixar ir com pista limpa!

Pouco tempo depois... oiço "Connection lost". O Teamspeak foi abaixo. "Pessoal, estão a ouvir-me?". Nada. Mas a corrida continuava para mim, continuava a ver os adversários à frente, ainda que de forma esquisita, também a aparecerem e desaparecerem. Até que recebo a nota que fui desconectado da corrida. Depois da minha melhor qualificação de sempre. Depois de estar a rodar no top 10 e com uma oportunidade de batalhar por um lugar.

À uma semana que a internet andava inconsistente a nível de velocidades, mas dava perfeitamente para correr. Ontem devem ter feito algum tipo de manutenção, visto ter ficado uns bons 10 minutos sem internet. Vou ver com a NOS para perceber se assim foi.

Penso que finalmente me posso apelidar de Simracer, depois de passar por abandonos por danos, por nabice e por falta de Internet. Só me falta abandonar de raiva, mas eu prefiro não desistir  :dirol:

45
Pessoalmente penso não ser das melhores pessoas para dar uma opinião mais detalhada, porque tenho pouca experiência neste mundo.

No entanto vou tentar dar aqui uma perspetiva, tal como o Tiago Monteiro deu com o facto de ter estado numa situação idêntica, em papel de culpado e papel de vítima.

Levei 30 biscas por ter ultrapassado os limites de pista (2x mais do que a situação entre o Tiago e o Rui, que está a ser bastante discutida). É verdade, fi-lo, maioria das vezes por dificuldades com a frente devido ao desgaste, e quando ia em perserguição tirei um pouco o pé para tentar compensar. A nível pessoal sinto-me prejudicado, mas desportivamente é correto o acto de penalizar. Há limites e é para cumprir. Na F1 não é diferente, tirando as advertencias iniciais que dão.

No entanto parti o côco a rir quando vi a penalização! Sou um piloto atualmente a lutar por um lugar a meio da tabela e 30 pontos vão me fazer diferença de certeza na classificação final, mas isto é um passatempo e uma diversão, um distrair da nossa rotina e especificamente para mim, um treino e experiência para me melhorar enquanto piloto amador. Não pode haver sentimento de derrota. O que não nos mata torna-nos mais fortes. Da próxima vez que vier à Hungria, não vou cometer o mesmo erro  :dirol:

Temos de pesar tudo, tal como o Tiago descreveu. Esta organização tem uma tarefa árdua e que consome imenso tempo, nós pilotos só temos de fazer os donativos e aparecer para correr. 5€ transfere-se num minuto, a análise do CAI e organização das provas demora quanto e custa quanto às pessoas?

Nenhuma situação é igual, e haverá sempre a sensação de "já vi uma igual e não foi penalizada da mesma maneira", porque é realmente impossivel ser preciso ao ponto de ser 100% justo, derivado da quantidade enorme de variáveis existentes, e tudo acontece ao milissegundo. Mas se calhar tendo a abertura de se ver as situações de todos os ângulos e em todas as peles, decerto que chegaremos todos a consenso!