Linked Events

  • #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET: November 04, 2016

Author Topic: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET  (Read 3447 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Marcelo Fortio

  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1877
  • Liked: 37
  • Calma que eu sem setups da ghostspeed sou lento :)
    • View Profile
  • Simulation Hardware: T300RS
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #30 on: November 11, 2016, 23: 29 »
Esqueçam lá isso xD
Session Lost inc.

Offline Joao Ratão

  • Membro
  • **
  • Posts: 472
  • Liked: 79
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #31 on: November 12, 2016, 10: 05 »
Ao fim de quase um ano sem aparecer na Ptsims para jogar Arma, surgir particularmente numa noite onde me deu o motivo para deixar de jogar aqui à uns tempos atrás, é karma.. mas faço então meu debrifieng da noite, se calhar serei demasiado critico até.

Gostei de ver  um numero considerável de jogadores de resto....
 
Loadouts - erro ou não erro mais de 30 minutos na base, com o rebentamento de um explosivo tipico.. coerência nos loads zero, ter 50,100,200 unidades de um item ou 2,3 de outro e siga para a frente?!?!?  eu que odeio o arsenal fiz o meu em 5 min..

Squads - fui, sou e serei sempre contra squads pre-definidos em que cada um tem de levar isto ou aquilo e depois não serve para nada.. ou então a missão terá um determinado objectivo só para dar uso aos mesmos.. mais vale haver 8 rifleman e 3 specialist no quer que seja.. A criação de squads pikacho, capitão gancho ou floribela para fazer isto e aquilo... naaaa mau.. não é a missão que se adapta ao jogadores é o contrario..

Mecânica de jogo - mais uma vez uns jogam outros ficam a ver, continua a não haver autonomia do TL, extrema dependência no "Comando", a B avança faz isto e aquilo e a K vê.. estive no server das 22h e sai às 01h. Que posso dizer que fiz? Observei. Se existe um briefing inicial com aquilo que vai haver, porque razão não executam sem dar dois passos e perguntar pelo rádio? Se fuder fudeo pronto. Shit happens

Missão -  apesar de fazer parte de uma segunda campanha com missões sequenciais, para mim foi o pior.. pelas minhas contas havia 2 inimigos para cada jogador.. todos eles virados para norte estáticos, a não ser um que por lá andava às voltas, uma carência extrema em relação ao embate de Ai's vs Jogadores independentemente do primeiro objectivo ser engodo ou não. Mesmo sendo o objectivo táctico.. haver uma cidade deserta.. faltou triggers, faltou ai's, faltou waypoints, faltou movimento, faltou simplesmente coisas... Menos historia e mais ação.

Reconheço todo trabalho que muitos tiveram e depositaram a ajudar para criar algo melhor nesta comunidade, mas sinceramente não vi progressos em termos de execução de missão, em historia aplaudo a imaginação e criatividade, mods, etc.. sugiro que experimentem servers públicos do ahoy world e vejam como é que 60 gajos que não falam a mesma língua nem estão em contacto conseguem se coordenar e executar missões muito mais complexas em 30 min.... mais uma vez o estilo de jogo não me agrada.

Offline Nuno Basto

  • TheBigOne014
  • ArmA Staff
  • Lenda
  • ****
  • Posts: 14408
  • Liked: 525
  • ArmA 3 é o meu vício!
    • View Profile
  • Simulation Hardware: CPU: i7-2600K@4.7Ghz | RAM: 32GB@2133Mhz | GPU: GTX 1070 8GB |
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #32 on: November 12, 2016, 11: 51 »
CCCCCCCCCCCCCCCCAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANNNNNNNNNNNNNNNNNAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS! :punish:
Ricos loadouts, o Batman ía pra uma festa na Holanda tinha morfinas e epinifarinas para nós e os AI's todos que encontramos pelo caminho, o Engenheiro mais parecia uma bomba atómica com tanta satchel que levava! :lol:
Culpa também de quem fez a missão e de quem não a testou!

Início da missão marcado pelo costume, o pessoal não tem loadouts para as posições que escolheram e andam a perder tempo no Arsenal, depois colocam explosivos no chão e rebentam-nos.
Mas ontem tiveram algum desconto visto que o código dos loadouts do Pedro Canas deram a raia que deu.

A 1ª parte da missão, para o meu lado foi relativamente seca com a agravante de não poder comunicar á vontade com a Charlie,... ficamos no topo do monte a olhar,... mas esta parte da missão era assim mesmo,... só aqueceu a quando do ataque das outras forças inimigas, em que tive de fazer um bocado a articulação das equipas.

A 2ª parte foi muito mais interessante, tivemos de puxar pela cabeça a onde é que tínhamos de ir, caminhamos muito encontramos inimigos QB, lidamos com 2 blindados e 1 AT com apenas um tiro, e o ataque final foi muito bom com a bravo a desviar um pouco a atenção do inimigo e os outros squads a tomarem a iniciativa e a movimentarem-se em conformidade com o que tinham em mãos, e em 10 minutos limpamos a base e capturamos o General.

Rodrigues só dou 4* á missão porque apanhei um bocado de seca na 1ª parte. :biggrin:

Ao fim de quase um ano sem aparecer na Ptsims para jogar Arma, surgir particularmente numa noite onde me deu o motivo para deixar de jogar aqui à uns tempos atrás, é karma.. mas faço então meu debrifieng da noite, se calhar serei demasiado critico até.

Gostei de ver  um numero considerável de jogadores de resto....

Bem vindo de volta e criticas são muito bem vindas, principalmente quem vem de fora e vê coisas que nós aqui mais presentes no falha dado a nossa envolvência.


Loadouts - erro ou não erro mais de 30 minutos na base, com o rebentamento de um explosivo tipico.. coerência nos loads zero, ter 50,100,200 unidades de um item ou 2,3 de outro e siga para a frente?!?!?  eu que odeio o arsenal fiz o meu em 5 min..

É a nossa 'batalha' 6ª após 6ª!

Squads - fui, sou e serei sempre contra squads pre-definidos em que cada um tem de levar isto ou aquilo e depois não serve para nada.. ou então a missão terá um determinado objectivo só para dar uso aos mesmos.. mais vale haver 8 rifleman e 3 specialist no quer que seja.. A criação de squads pikacho, capitão gancho ou floribela para fazer isto e aquilo... naaaa mau.. não é a missão que se adapta ao jogadores é o contrario..

Os squads pré definidos é feito no forum de forma a acelerar as coisas no início da missão. Se não o fizermos caímos numa das coisas mais criticadas no passado, que é um que manda em todos,... assim cada um escolhe a sua posição e quando chega a sexta é só entrar na equipa certa,... o problema que vem com esta situação é que há malta que não escolhe a posição e ficam sempre pontas soltas = perder tempo

Mecânica de jogo - mais uma vez uns jogam outros ficam a ver, continua a não haver autonomia do TL, extrema dependência no "Comando", a B avança faz isto e aquilo e a K vê.. estive no server das 22h e sai às 01h. Que posso dizer que fiz? Observei. Se existe um briefing inicial com aquilo que vai haver, porque razão não executam sem dar dois passos e perguntar pelo rádio? Se fuder fudeo pronto. Shit happens

A dependência do comando deve-se ao facto de ele ser o GM e não querermos fugir muito ao que ele tem desenhado em termos de história, porque se por alguma razão 'saímos da rota' vai dar confusão pq o GM para nos manter na rota vai colocar inimigos o que concerteza ou vai atrasar o desenrolar da missão ou vai termina-la mais cedo, que é algo que não se pretende. Mas sim concordo que ás vezes é excessivo a quantidade de vezes que comunicamos a pedir informações.

Missão -  apesar de fazer parte de uma segunda campanha com missões sequenciais, para mim foi o pior.. pelas minhas contas havia 2 inimigos para cada jogador.. todos eles virados para norte estáticos, a não ser um que por lá andava às voltas, uma carência extrema em relação ao embate de Ai's vs Jogadores independentemente do primeiro objectivo ser engodo ou não. Mesmo sendo o objectivo táctico.. haver uma cidade deserta.. faltou triggers, faltou ai's, faltou waypoints, faltou movimento, faltou simplesmente coisas... Menos historia e mais ação.

Campanha é assim mesmo, missões mais de observação e pesquisa e com pouca acção, e há missões onde é fogo de artifício por todo o lado como á 15 dias atrás.

Reconheço todo trabalho que muitos tiveram e depositaram a ajudar para criar algo melhor nesta comunidade, mas sinceramente não vi progressos em termos de execução de missão, em historia aplaudo a imaginação e criatividade, mods, etc.. sugiro que experimentem servers públicos do ahoy world e vejam como é que 60 gajos que não falam a mesma língua nem estão em contacto conseguem se coordenar e executar missões muito mais complexas em 30 min.... mais uma vez o estilo de jogo não me agrada.

Obrigado pela parte que me toca, mas missões ahoy world já fizemos muitas e cansam pela repetição, por isso este modo diferente de jogar. E não são 60 gajos são pelo menos 180 porque morrem voltam á base e em 10 min estão no TdO com helis de 5 em 5 min quase sempre cheios. A nossa realidade é diferente somos 12-20 elementos que querem evitar morrer no TdO e voltar á base. Sobre a coordenação no ahoy world é discutível,... mas 90% das vezes é cada um por si e a atacar de todos os flancos! Morreu, se tiver sorte um médico vai fazer-lhe revive ou então não espera pelo milagre volta á base e siga pra bingo.
As missões aqui são diferentes em modo campanha e mais cativantes e diferentes da repetição de missões geradas automáticamente. Mas obrigado pelo teu ponto de vista.

A verdade verdadinha é que os problemas técnicos das missões têm sido inquestionavelmente o maior problema, começou com os rádios desconfigurarem, agora os PR não comunicam com os LR, o ACE tá 5* sem problemas, o Teleport tá 50/50 e não se tem usado o rallypoint devidamente, para terminar ontem os loadouts do Canas a darem problemas que comprometeram o divertimento de alguns.

Offline Pedro Canas

  • Membro
  • **
  • Posts: 397
  • Liked: 63
  • 'sup?
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #33 on: November 12, 2016, 13: 39 »
Confesso que alguns loadouts possam estar exagerados nalgumas coisas. Por exemplo, o médico não é médico, é hospital de campanha lol
A questão é que fiz os loadouts a pensar no tipo de missões que gosto, que envolve tiroteio intenso e AIs até rebentar o servidor, o que implica o pessoal ser ferido/abatido com frequência.
Mas volto a lembrar que os loadouts que fiz não são obrigatórios nem fixos. Se o explosivos achar que tem cargas a mais, é tirar o que não precisa. Se o médico achar que tem coisas a mais, é tirar o que não precisa, e o mesmo se aplica às outras classes e items.

Já agora, qual é o erro com o código? É problema do código ou foi o servidor que atrofiou?

Squads - fui, sou e serei sempre contra squads pre-definidos em que cada um tem de levar isto ou aquilo e depois não serve para nada.. ou então a missão terá um determinado objectivo só para dar uso aos mesmos.. mais vale haver 8 rifleman e 3 specialist no quer que seja.. A criação de squads pikacho, capitão gancho ou floribela para fazer isto e aquilo... naaaa mau.. não é a missão que se adapta ao jogadores é o contrario..

Os squads pré definidos é feito no forum de forma a acelerar as coisas no início da missão. Se não o fizermos caímos numa das coisas mais criticadas no passado, que é um que manda em todos,... assim cada um escolhe a sua posição e quando chega a sexta é só entrar na equipa certa,... o problema que vem com esta situação é que há malta que não escolhe a posição e ficam sempre pontas soltas = perder tempo
As "pontas soltas " resolve-se com facilidade: começa-se a preencher as vagas livres nos vários squads. Por exemplo, há 2 vagas na Alpha e uma na Bravo, o primeiro que aparecer sem squad vai para a Alpha, o segundo vai para a Alpha, o terceiro vai para a Bravo, e assim sucessivamente...
(\__/)
(='.'=) This is Bunny. Copy and paste bunny into
(")_(") your signature to help him gain world domination.

Offline Rui Lamas

  • ArmA Staff
  • Membro
  • ****
  • Posts: 455
  • Liked: 80
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #34 on: November 12, 2016, 14: 54 »
Relativamente ao início da missão, devo dizer que acho bastante aborrecido chegar sexta pós sexta às 21:30 e esperar até as 23:00 para começar a missão, levando estes contínuos actos a um aumento da ansiedade culminando por vezes na frustração fruto de tantas horas seguidas frente ao PC.
E relativamente à colocação daquela carga explosiva quero deixar aqui o meu sentido reparo a alguém que não foi homenzinho suficiente para assumir o que fez e pedir ajuda a quem soubesse desativar o engenho, mas mais grave foi ver alguém ser acusado injustamente e nem aí o verdadeiro culpado se pronunciar, não é esta a minha forma de estar e de ser daí este repudio.
O Voltinhas imbuído do seu espirito de entreajuda apenas tentou fazer o seu melhor ao tentar desativá-la mas infrutiferamente colhendo ainda a acusação de alguns.

À parte destes stresses que começam a cheirar muito mal mesmo, devo dizer que gostei da ideia da infiltração em Dolores através de uma equipa de mergulhadores, só foi pena devido ao problema de loadouts ter visto metade da minha equipa ver-se privada da melhor parte da ação que a nós estava reservada, mas improvisando toda a equipa com o apoio da Bravo conseguiu proceder à detenção do suspeito da forma correta, ou seja com todo o “stealth” necessário até à sua localização.
Achei que as três squads estiveram quase sempre empenhadas em simultâneo não havendo assim tantos períodos mortos como se referiu, tendo em conta a especificidade da missão e aos objetivos a que nos propúnhamos.
Os problemas maiores que encontrei foram mesmo os loadouts e as comunicações rádio já referidas no final do jogo.
Mas num cômputo geral gostei.

Offline Rui Lamas

  • ArmA Staff
  • Membro
  • ****
  • Posts: 455
  • Liked: 80
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #35 on: November 12, 2016, 17: 53 »
Afinal por mais que me custe tenho que fazer aqui um mea culpa, pois de forma obstinada defendi um elemento da minha equipa, no que concerne à colocação da satchel charge, mas a resposta está no seu vídeo aos 9:05.
Passa pra cá o passaporte de fim de semana, vais ficar toda a semana de plantão.

Offline Nuno Rodrigues

  • Team Manager
  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1789
  • Liked: 687
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #36 on: November 12, 2016, 20: 06 »
 Cá vai o de-briefing com os pontos mais importantes, pois os restantes e mais positivos já partilhei verbalmente.
 Antes de tudo mais, mais um numero generoso presente o que é sempre fantástico e foi com muita satisfação que vi o regresso Rato.
  Depois carece explicar que, para além de estar ocupado das 07 da manhã até às 23:30 da noite, e o resto do tempo é para comer, cagar, tomar banho e dormir, ainda arranjo tempo durante a semana para escrever o desenrolar da história e em algumas sextas até fazer de GM. Faço-o com todo o gosto e a pensar na maior diversão possivel dos que aqui vêm jogar e não em arruinar uma noite a toda a gente. Não me estou a queixar e certamente muitos terão uma vida destas como eu.
 
   Esta semana foi particularmente dificil pois para além de tudo estive no server na 3ª feira e... não consegui fazer nada pois nao consegui entrar. Estive no server na quinta e...não consegui fazer nada outra vez. Estive no server na 6ª final da tarde e deixei de fazer algumas coisas para poder fazer a missão. Demorei pouco mais de 2h no servidor para o fazer (fora a parte de tempo perdida com problemas informáticos. Desta parte, será dado conhecimento ao Staff mas fazia questão que o Rato lesse). Fiz experimentações e nem sabem voces quantas (desde vai à base, carrega o fato de mergulho, põe de noite, põe nevoeiro, mete-te no barco e põe-te ao largo, vê de binoculos onde os SPEcAS vao, mete inimigos no terreno para a segunda parte e ve se eles patrulham para aqui ou para li, mete civis e pistas, mete, tira, tira, mete e quase que fiz ali um filho em modo tantrico. Feito à pressão, como faço sempre antes das 21h da noite.
   Depois foi o vendaval na base que toda a gente sabe e mais os erros com os loudouts. Numa missao que tinha algo de diferente e criativo, que metia infiltração em terreno inimigo, mais a mais dentro de agua, quando dá erro e não há fatos de mergulho, o que acontece??? o GM tem de improvisar essa parte da missão. E faze-lo rapidamente não é facil.
    Foi o possivel. Foi secante para alguns squads? foi, acredito que sim! mas a guerra só é feita de acção a 300 km\h? é que se for só para simular 200% de acção, basta meter 800 inimigos no terreno mesmo ali ao lado e siga para bingo! Para mim e para quem gere estas noites é bem mais fácil e menos dispendio de tempo perdemos. Mas nao contem comigo para jogar nesse formato.
   Também não compreendo a dependencia dos TL´s do Comando. Durante a noite inteira, o Comando nao deu qualquer ordem. Foi dado o briefing e pronto. Se os TL´s fazem perguntas, às quais muitas vezes nem respondo de forma directa senão com algo "puxem pela cabeça ou voces é que sabem", é porque acham que o devem fazer ou pq sentem essa necessidade. O Comando\GM não está a "comandar".

    Todas as criticas são bem-vindas, contudo penso que pelo tudo o que foi dito e visto no inicio da noite conseguir-se-á perceber (e até pq quem ja experenciou ser GM sabe o que é lidar com o imprevisto) que as coisas descontrolaram para fora do normal dos ultimos tempos. Tens acompanhado o forum e tens lido certamente que nao é isso que se passa na casa. Penso que visto isso é deduzivel que um pouco de complacencia e tolerancia se devem impor na analise de cada um. Pode-se nao gostar de uma missao mais parada. Isso é outra coisa e ja depende de cada um. Mas novamente com um pouco de tolerancia e complacencia e terias tido uma 2ª parte bem mais dinâmica. Assim estava montado do inicio. Obviamente que cada um aguenta até onde pode e a mais não é obrigado. Nem a nada é obrigado, diga-se.
   Contudo quando for para criticar, agradecia-se uma analise mais coerente.
    Vamos continuar a oferecer grandes noites de Arma com incerteza no desenrolar de cada noite, com variedade no tipo de desenrolar (acção e cacete para xuxu e\ou puxar mais pela cabeça, e\ou ter missoes especiais pelo meio, e\ou ter patrulhamentos com menos inimigos e\ou defender a posiçao, e\ou ter de retirar e fugir, etc, etc. A incerteza será o factor que nos diferenciará de ter missoes feitas e jogá-las varias vezes ou dos server´s publicos que estão em looping e as pessoas fazem sempre a mesma coisa e assim corre sempre bem. É facil. Aqui, até os recém.chegados já apresentam um grau de senioridade muito bom. E isso é revelador de que estamos no bom caminho. Mas há muito, mas mesmo muito mais a melhorar. Por isso cá estamos. Por isso critiquem, mas sejam pelo menos justos.
   Obrigado a todos 

Offline Marcelo Fortio

  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1877
  • Liked: 37
  • Calma que eu sem setups da ghostspeed sou lento :)
    • View Profile
  • Simulation Hardware: T300RS
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #37 on: November 12, 2016, 21: 30 »
Assim curto e grosso, o que eu digo não se escreve nem se tem em conta, mas eu acho que já estão outra vez a complicar demasiado.
Já por 2 ou 3 vezes se tentou complicar e fazer algo demasiado complexo para o tipo de gameplay que o pessoal aprecia, falha-se redondamente, o pessoal perde a pica, e o arma fica parado mais uns meses.
Demasiados mods, que à sexta feira trazem quase sempre chatice. Ou porque ha actualizações de ultima hora que alguns não tem, ou porque ha incompatibilidades. Erros, e aquelas coisas que vocês todos sabem bem para alem do peso extra em servidor e cliente.

Eu actualmente estou demasiado a leste para a minha opinião ser levada a serio, nem sei ao certo quem faz parte do staff agora ou quem só tem o titulo de tal por aqui.
Mas olho para trás e recordo as noites de arma 2 em que se chegou a ter 2 squads de infantaria, 2 pilotos, cavalaria leve e até artilharia, houve até uma noite que funcionou tudo junto. Tal como as noites de missões do rato que era sempre excelentes. É sempre isso que eu venho a procura quando por aqui apareço, mas ultimamente tem sido só frustração, nada que o staff seja o culpado, mas muito menos sou eu. xD

Vou acompanhar atentamente por mais 1 ou 2 meses ver se isto passa dos tell tale games ou não.  :diablo:

Offline Pedro Barbosa

  • Lenda
  • *****
  • Posts: 3340
  • Liked: 188
  • God judges our enemies, we arrange the meeting.
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #38 on: November 12, 2016, 21: 43 »
È mais uma opinião e agradecemos por isso ;)

Offline Nuno Basto

  • TheBigOne014
  • ArmA Staff
  • Lenda
  • ****
  • Posts: 14408
  • Liked: 525
  • ArmA 3 é o meu vício!
    • View Profile
  • Simulation Hardware: CPU: i7-2600K@4.7Ghz | RAM: 32GB@2133Mhz | GPU: GTX 1070 8GB |
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #39 on: November 13, 2016, 12: 58 »
Malta há várias coisas que têm de ter em mente relativamente ao arma e a esta campanha.

O ArmA é o ArmA pequenas alterações mexem com muita coisa, nomeadamente os mods e as missões.

A cena de serem muitos mods,... em número são, quase duplicou desde o ultimo update ao nosso mod, mas se querem saber o porquê procurem está algures por aqui, em termos de tamanho é o mesmo ou até menor do que antes, por isso,...
Por serem muitos mods e o ArmA receber updates avultados em termos de tamanho os updates á 5ª feira é de extrema importância PELO MENOS ligar o steam e o Laucher do ArmA á 5ª feira para descarregar qualquer update que tenha havido e desculpem a franqueza são muito poucos os que fazem e os que não o fazem depois reclamam. O ArmA não é pegar e andar e TODOS sabem disso, é preciso ter-se procedimentos simples para que corra tudo bem.
Não leves a mal 'célinho' mas se a tua experiência ultimamente tem sido má, é por culpa tua e porquê!? Á 15 dias atrás 'caíste de para-quedas' ás 21h sem mods nem nada o que era de esperar!? Só voltaste a aparecer ontem,... o que era de esperar!? E já agora os problemas que tiveste PODE a haver com o teu controlador de memória do ArmA, mas se quiseres corrigir isso diz e combina-se para ver qual é o problema ao certo e corrigi-lo! (lembrei-me agora,... só recebo pedidos de ajuda á 6ª feira quando estou pronto para jogar,... pormenor interessante)

Esta 2.ª Campanha começou com uma missão de base que foi utilizada durante muito tempo estamos a falar da Missão VTS que recebeu ao longo do tempo várias alterações da minha parte para se manter em funcionamento, mas chegou a um ponto em que graças aos updates do ArmA o código da missão começou a dar alguns problemas que eu já não consigo corrigir, o mais grave tem a haver com os rádios mudarem de frequência sem razão aparente.
Optou-se por fazer uma nova missão neste momento já vai na versão 4.9, e a ultima versão (4.8) incluía um código para colocar o equipamento indicado para cada posição, no meu teste no meu servidor caseiro funcionou sem problemas, mas no servidor dedicado deu raia. Culpa minha e de quem não testou!
Até se encontrar uma missão base estável é preciso testar, testar e testar ainda mais,...

O que nós temos implementado em termos de missões da campanha é um GM que cria a missão dá muito trabalho a fazer, além de que é extremamente difícil de gerir quando algo corre fora do planeado pelo GM, a quantidade de coisas a fazer e alterar é muito grande, mas é diferente e é o que todos gostam e têm gabado e nos levou para uma 2.ª campanha, não é perfeito mas é muito melhor do que as missões automáticas. ;)

War in Takistan - Operations Iron Rains era muito bom, tínhamos 3 missões á escolha num 'teatro de guerra' permanente onde sair da base e chegar ao objectivo já era uma aventura, e um objectivo simples que era chegar a ACE TEAM e terminar a campanha, infelizmente não há nada que se pareça com isso para o ArmA 3.
Se alguém quiser pegar no código e coloca-lo no ArmA 3 tem aí o link -> https://github.com/code34/war-in-takistan

Portanto malta, o ArmA tem os seus quês e é preciso saber lidar com eles, cumprindo 2 procedimentos simples - verificar se há updates e entrar no servidor á 5ª feira - corre tudo sem problemas da vossa parte e digo-vos que para quem gere já é uma enorme ajuda.
Não vamos EMPOLAR os problemas que nos impedem a TODOS de jogar, pois esses são raríssimos contam-se pelos dedos das mãos.

Apareçam durante a semana, entrem no servidor, criem missões automáticas e joguem, encontrem bugs e coloquem aqui para os corrigirmos, virem testar e procurar bugs só á 6ª feira a partir das 21h30 não resulta porque não se consegue resolver.
« Last Edit: November 13, 2016, 14: 45 by Nuno Basto »

Offline Paulo Ramos

  • ArmA Staff
  • Membro
  • ****
  • Posts: 296
  • Liked: 104
    • View Profile
Re: #7 - BRIEFING - OPERAÇÃO WET FEET
« Reply #40 on: November 13, 2016, 13: 39 »
Eu sinceramente não percebo o problema dos mods... Até acho que podíamos usar mais mas não me incomoda. De momento tenho 159 mods no Arma e consigo entrar no server sem problemas.  O processo de sakar e activar os mods necessários só tem cerca de 3 ou 4 passos. Quase todos os mods estão na steam excepto o JSRS4 que é opcional, basta virem ao forum procurar o link que tem todos os mod juntos e clicar "Subscrever", todos os updated futuros aos mods são feitos automaticamente e a única coisa que é necessário é ligar o launcher um dia antes para ter a certeza que tudo funciona como deve ser. Também já vi que há pessoal que selecciona mods manualmente e as vezes tem varias versões dos mods e seleccionam o errado, é coisa muito fácil de resolver. Seleccionem os mods que são necessários e façam um preset. Se por algum motivo os mods não estivarem seleccionados basta carregam o preset e está feito. Podem até importar presets de outros jogadores.
Este é o que utilizo para entrar e até agora não me deu problemas - Download