page loader

50’s Vintage Swiss Grand Prix


   

A primeira prova do Vintage Grand Prix inicia em terreno suíço com uma viagem à década de 1950. A máquina escolhida é o Maserati 250F de 12 cilindros, tendo sido construídos 26 exemplares deste carro (com várias variantes). A primeira versão contava com um motor de 6 cilindros, contudo, a evolução final chegou a um motor de 2,5 litros V12 capaz de debitar 315 cavalos. Correu pela primeira vez nas mãos do piloto argentino Juan Manuel Fangio, precisamente no GP da Argentina de 1954, e foi também pilotado por Sir Stirling Moss nas vitórias no Mónaco e em Itália em 1956. No total, o 250F arrecadou oito vitórias em 46 provas da Fórmula 1.

Quanto ao traçado, Bremgarten abriu ao público em 1934 e foi palco do Grande Prémio da Suíça até 1954. Situado na cidade de Berna, tinha 13 curvas de grande velocidade ao longo de 7,2 quilómetros, sendo de particular interesse o facto de, praticamente, não ter retas verdadeiras. Para além disso, era ladeado por árvores, oferecia más condições de luz e a superfície era irregular, o que tornava tudo ainda mais perigoso, sobretudo na chuva. Vários pilotos morreram em Bremgarten e o circuito foi descontinuado em 1955.

Prova    

50’s Vintage Swiss Grand Prix
31 janeiro 2022

Primeiro Special Event do Vintage Grand Prix, com o Maserati 250F. Localização: Bremgarten 1954, Suíça.