Show Posts

This section allows you to view all posts made by this member. Note that you can only see posts made in areas you currently have access to.


Topics - Nuno Vitoria

Pages: [1] 2 3 ... 5
1
Pessoal, estou vendedor do meu conjunto Fanatec:
Fanatec Porsche 911 GT3 RS V2, com 900° de rotação máxima, Force Feedback, quatro posições de memória para customizações, compatível com PC e Playstation 3.
Pedais Fanatec CSR, com 3 pedais, ajuste individual de molas, ajuste posicional e possibilidade de se posicionarem verticalmente com um kit adequado (não incluído).
Inclui também caixa de velocidades em H e caixa sequencial.

Preço: 150€

Anúncio no OLX com fotos: https://www.olx.pt/anuncio/fanatec-porsche-911-gt3-rs-v2-pack-completo-com-pedais-e-shifters-IDEgKYN.html

Motivo: vou adquirir um volante de gama superior em breve.

Quem estiver interessado, que me contacte por PM.

2

Já lá vai um tempo bastante razoável desde a última vez que a PM4 Racing participou no GT Series da PTSims. Tão "razoável" que nem faço ideia de quando foi a última vez (n.d.r.: mentira, sei perfeitamente, foi em 2013... mas é só para dar suspense).

Se há coisa com que a nossa equipa nunca se deu bem foi com carros de estrada caros para chuchú. De recordar que ainda na pré-história da PM4 Racing (n.d.r.:quando denominei aquela amiba automobilística como Maltex Racing) aluguei um corta-relva com um boi à frente e disse que aquilo era um Lamborghini Gallardo para me deixarem participar no GT Series 2009, onde eu andei a levar por volta 4 segundos... do penúltimo classificado. Convenhamos que se fosse um Lamborghini era um desperdício de dinheiro nas mãos de alguém que mal sabia qual dos pedais era o travão (n.d.r.:o acelerador toda a gente sabe qual é: é o que faz barulho). Mas após confessar este segredo, têm de convir que levar 7 ou 8 seg por volta dos GT's num corta-relva foi fabuloso, além dos bonitos trabalhos artísticos que fiz nos circuitos convencionais. Já nos citadinos... foram só grafittis.

Mas este ano, marquei reunião com a malta, meti-os todos numa sala e disse-lhes: "Este ano vamos ao GT Series da PTSims!!!" A reacção do pessoal não se fez esperar...


"Isso não é caro? Quem paga os arranjos no carro do Serafim?", perguntou o Rui Santos. "Por mim tudo bem, mas desta vez não vamos de Astra, vamos de Punto!", disse o Tiago Monteiro. "Eu quero é cozido das furnas...", retorquiu o Adalberto Farias. "GT? Cheira-me a coisa com capota...", resmungou o André Vitória. "Carregue no botão "ignition" para... hein?! Então, mas primeiro não abro as portas o carro?", comentava o Paulo Viegas enquanto lia o seu livro "Como agarrar um volante de corridas para Totós!".

Só o Nuno Senna e o Mário Serafim disseram "VAMOS EMBORA CARAAAAAAAI!!!!". O Senna porque pensava que ia ter um Mclaren Senna à disposição, o Mário porque a gente diz "corrida" e ele grita... isso mesmo: "VAMOS EMBORA CARAAAAAAAAI!!!!", mesmo quando se trata de corridas de caricas.

Por aqui se vê conhecimento actual da PM4 Racing no que diz respeito a GT's. Quando se começa a falar que não há Astras nem Puntos, que sim, são caros mas anda-se depressa também, que não há cabeças ao vento e Mclarens só os GT3, começou tudo a entrar em pânico... menos o Mário Serafim: "VAMOS EMBORA CARAAAAAAAI!!!!"

Entretanto, fomos ver os carros e os problemas começaram, pois todos tinham a sua opinião. Os Porsche 911 tinham um béfe parecia o da Blaya. Os Audi R8 tinham os interiores muito feios. Os Bentley Continental tinham os interiores muito bonitos. Os Mercedes AMG são carros de empreiteiro civíl. Os Corvette C7 cheiravam a bosta de vaca do Texas. Os Radical RXC... ham... pfff... gnggngnggn... BAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!! Ai... desculpem... foi demasiado forte... Bem, continuando... Os BMW M6 ainda tinham os brinquedos dos putos espalhados nos bancos de trás e as compras na bagageira.

O Nuno Senna disse: "Mclaren ou a morte!", num misto de exigência de correr com a marca do seu ídolo e uma analogia ao grito do Ipiranga.
O Tiago Monteiro disse: "Quero o Aston Martin, porque gosto do James Bond!!"
O Mário Serafim disse... adivinharam: "VAMOS EMBORA CARAAAAAAAI!!!!"
O Rui Santos disse: "Afinal não dá... se fôr, vou falhar várias provas."

Epá... por esta é que a malta não esperava. Então o "Champ" não pode correr? E agora? O Senna prontificou-se a correr sozinho, o Tiago disse que ia oferecer o título ao Rui e o Mário disse "VAMOS EMBORA CARAAAAAAAI!!!!" Mas eu não estava pelos ajustes, pois tínhamos de ter duas duplas custasse o que custasse. Então, engendrei um plano. Falei com o Mário Serafim e perguntei-lhe o que ele achava. "VAMOS EMBORA CARAAAAAAAI!!!!", foi a resposta dele. E lá fomos os dois, na calada da noite até Mafra. Raptámos o Paulo Honorato, eu hackei a conta dele e escrevi no Twitter "Too busy to race. I'm out. Going to sell snails on the market. #nicelife #simracingsucks", escondêmo-lo numa cave escura sem janelas e apenas com ligação ao canal Youtube do Double Seven Driver para o torturar, e aguardámos... e aguardámos... e o Ricardo Gama liga-me! YUHUUUUU!!!

"Olha lá, sabes do Paulo?", perguntou ele. "Não, mas na ínfima possibilidade de ele ter sido raptado e para não ficares sozinho, não queres correr por nós no GTS 2019?". Ele respondeu "Epá, não, agora não dá jeito, até porque estou preocupado com ele..." e eu obviamente que perante isto lhe ofereci o contrato e o inscrevi em dupla com o Nuno Senna! "Olha lá, então mas isto é assim? Eu disse que não!", respondeu ele quando percebeu o que fiz, mas eu sei que isto era a brincar. "Não é nada! Não quero correr convosco!!"

HAHAHAHAHAHA!!! Brincalhão...

E assim vos apresento as nossas "bombas" para o GTS 2019!

PM4 Racing - TIAGO MONTEIRO e MÁRIO SERAFIM

PM4 Racing GT - NUNO SENNA e RICARDO GAMA

PS: se a Playteam se queixar de plágio da ideia de criar um post próprio para as apresentações, não liguem: foi pura coincidência...

3
A malta já se habituou a que este vosso honorável companheiro saque da máquina de calcular antes da última prova e vos exponha os cenários possíveis (ou pelo menos os mais prováveis) para que os candidatos ao título metam as mãozinhas no tão desejado caneco!

Pois é, mas para este TCS 2019, eu vou-vos dizer isto...

ISSO É QUE ERA BOM!!!!!
[/size]

Reparem bem nisto:
- Falta uma prova, é certo, mas de facto são 3 corridas, e não duas como nos anos anteriores;
- Essas 3 corridas correspondem a uma pontuação máxima de 458 pontos;
- Há 5 caramelos separados por 210 pontos (na classificação real) entre primeiro e quinto;
- Corre-se em Macau, onde os muros têm a força gravítica de Júpiter (diz-se que quando há GP de Macau, as ondas da costa chinesa passam de 2 para 25 metros de altura...);
- Os dois da frente estão na realidade separados por 88 pontos, a diferença maior entre os 5 concorrentes;

Isto é uma confusão dos diabos. O primeiro da tabela oficial está na realidade em 2º, o 3º está na realidade em 4º e o 5º em 3º sendo que o 4º está em 5º e o 2º em 1º. O 2º se fizer três 4ºs fica em 1º se o 1º não for três vezes 1º, e o 5º é 1º se ganhar todas e o 1º e 2º andarem pelo 4º, 5º, 6º, mas o 3º é campeão apenas se os outros 4 tiverem uma corrida mais manhosa e...

... uff...

Estão a ver? Isto é só uma amostra...

O Zé Almeida está na frente oficialmente, mas o Rui Santos é quem lidera na realidade, após o descarte. O Pedro Lopes está muito melhor colocado do que parece, o Tiago Monteiro já demonstrou que não brinca em serviço, mas o Hugo Araújo, que é quinto após descarte, tem aspirações bem sustentadas de poder atacar o título. 210 pontos de diferença é mais que uma vitória de diferença, mas faltam três corridas, o que quer dizer que esta diferença é menos de metade dos pontos em disputa, e isso é ainda perfeitamente recuperável, para mais em Macau! Para mais, o rF2 é muito menos permissivo com os muros que o AC, e isso significa que a imprevisibilidade do circuito é ainda maior.

Por tudo isso estes cinco pilotos têm reais aspirações a serem campeões, mesmo se quatro deles são companheiros de equipa de outro candidato. Se o seu companheiro mais bem colocado tem um azar, o outro vai deixar fugir a oportunidade? Claro que não! As regras do jogo viram automaticamente e passará a ser ele Ás de Trunfo.

Quem vai ser, no fim disto tudo, o tipo que se senta no trono? Certamente, não será um "corta-tesão" e muito menos um "broken one". Será quem chegar ao fim inteiro e com grandes "tomates" para decidir a contenda a seu favor!

Venham as corridas.

4
titlerFactor 2 / O que é que o rF2 tem que o AC não tem...
« on: December 31, 2018, 11: 42 »
Estive de férias e por isso só ontem vi o Tarantantan que houve no tópico dos updates do rFactor 2. Como não quero voltar a incendiar os ânimos num post cujo propósito não é, de longe, essa discussão mas para a qual gostaria de deixar a minha opinião, decidi criar este tópico para a deixar e, quiçá, podermos falar sobre o tema sem o Zé nos corra a todos com a vassoura.

Nada está livre do "fanboyismo" que assola hoje em dia a sociedade, e os simuladores são também eles exemplo, ou vítimas, disso. O caso mais particular foi provavelmente o Project CARS durante os anos de desenvolvimento do mesmo. Eu tento a todo o custo evitar cair no "fanboyismo" ou até "haterismo", mas é possível que por vezes me deixe resvalar para um desses lugares sombrios no que diz respeito a outros temas, mas no caso do simracing até acho que sou um tipo ponderado.

Isto tudo para eu poder introduzir aqui a discussão anterior, fazer esta pergunta e respondê-la a seguir: porque raio acho eu que o rFactor 2 é o melhor software de simracing da actualidade?

A parte das físicas... epá... até os jogos arcade já têm físicas realistas dos carros, com menor ou maior intensidade. A capacidade de desenvolvimento de quem faz os jogos, a base de código disponível nos motores gráficos e a capacidade de processamento dos nossos PC's (e consolas) de hoje em dia fornece-nos excelente base para termos em ambiente de simulação ou em jogos arcade mais descontraídos físicas de carros bastante condizentes com o que é espectável um carro "fazer" numa curva específica a determinada velocidade.

Aquilo que eu acho que o rFactor 2 se destaca face ao AC, que era o foco da discussão, está no que rodeia e afecta o carro. O ponto mais óbvio é a meteorologia. Não me refiro apenas à chuva, mas também à temperatura do ar e da pista, que afectam verdadeiramente e com muito mais intensidade os pneus e com isso o comportamento do carro no rFactor do que no AC. A temperatura não afecta apenas o aquecimento do carro, mas também a performance, tal como a altitude. Por exemplo, no México o DRS tem muito menos efeito do que o que existe numa outra pista qualquer por causa do ar mais rarefeito, e um carro anda por si só melhor com temperaturas mais amenas do que com calor tórrido. Isso não é evidente no AC, que se limita a aquecer mais ou menos o motor com base no duct do radiador.

Depois, o rF2 tem o desgaste dos travões, que o AC não tem. Os travões não só sobreaquecem como também se gastam. E quando gastam, acabou a corrida, seja no muro seja por desistência.

O rF2 tem um sistema de danos muito mais completo e realista, quer visualmente quer no que diz respeito ao efeito que tem no carro em comparação com o AC. O AC é demasiado permissivo nos danos, tendo que haver uma cacetada muito bem assente para haver dano terminal num carro, mesmo com o dano a 100%, quando no rF2 não é preciso tanto. Não há uma roda arrancada no AC, coisa que no rF2 acontece até em GT's e Turismos.

O rF2 tem penalizações para excesso de velocidade na boxe e o pit limiter não é automático como no AC. É um pormenor, mas relembro que se quiserem fazer um campeonato de F1 1992, a velocidade na boxe era igual à de pista. Ou seja, era possivel cruzar a linha de box a 300 km/h, coisa que é possível simular no rF2 e não no AC.

Claro que há coisas que não tem. Não tem uma interacção tão conseguida como o AC, não tem os danos evolutivos (como um radiador avariado por colisão que irá causar sobreaquecimento no futuro) como o Project CARS, não é tão user friendly para modders como o AC. Principalmente, não tem a qualidade visual de qualquer um destes simuladores. Mas para mim, o aspecto visual é totalmente terceário, é mesmo apenas e só o embrulho.

Actualmente, ao nível da simulação, o rF2 e o iRacing estão uns degraus acima do AC, Automobilista (que ainda usa o motor antigo da ISI do rF1) e Project CARS 1. Não falo do Raceroom porque só testei o conteúdo free, nem do Project CARS 2 porque nem o vi ainda. Mas pelo que tenho lido das opiniões gerais, a ideia anda mais ou menos pelo mesmo, que rF2 e iRacing são os preferidos pelas comunidades a nível mundial para fazer campeonatos. A vantagem do rF2 é que é muito mais "wallet friendly" que o iRacing.

Estes são os factos que eu aponto para dizer que o rF2 é melhor Sim que o AC. Isto não quer dizer que não gosto do AC. Bem pelo contrário, é o meu 2º sim favorito!

Mas aceito que há formas diferentes de analisar os próprios factos, ou não fossem as nossas eleições o exemplo perfeito disso, onde nenhum partido perde mesmo considerando os resultados como um facto!  :rofl:

EDIT: Esqueci-me da linha dinâmica, ou seja, a acumulação de borracha na pista. No AC acumula na linha ideal pré-definida, no rF2 acumula por onde os carros efectivamente passam. Testem, fazendo trajectórias estranhas offline, e podem confirmar o que digo...

5
Todos quantos são papás sabem que as prioridades, a dada altura, deixam de ter em consideração o nosso bem estar e passam a considerar mais que os teus putos parem o berreiro ou que os pirralhos não andem todos mal enjorcados no meio da rua. Sim, porque aí em vês de dizerem que os putos são uns ramelosos, dirão que tu és um pai de bosta, que não tratas dos teus filhos, por muito que eles te atormentem acordando às 6 da manhã para ver desenhos animados na tua cama, por muito que te chateiem para brincares às casinhas ou a jogar à bola quando acabaste de acartar às costas sozinho o guarda-fatos para casa da tua cunhada porque doem as costas ao teu irmão ou por muito que passem a vida a atirar o teu telemóvel para a sanita porque as faíscas fazem um efeito muito fixe!

Por isso, por muito que um gajo queira ter um volante DD ou uns pedais independentes com load cell, quando se tem filhos há sempre calças, camisolas, ténis, meias, cuecas, roupa de cama, mobília nova ou Chupa-Chups (para se calarem durante 5 minutos) para comprar! E infantários, escolas, livros, refeições e mais Chupa-Chups (para se calarem durante mais 5 minutos depois dos 5 minutos iniciais) para pagar.

O facto de ter uma filha pré-adolescente cheia de crises de identidade e um terrorista em potência com o superpoder do grito estridente, capaz de fazer o Beethoven dizer "Milagre! Estou curado!!" quando na realidade não estaria, fez com que me mantivesse ao longo deste tempo todo como o fiel proprietário de um magnífico conjunto de simracing onde grande parte do pessoal se iniciou: o Logitech Driving Force GT!

Os meus colegas de equipa carinhosamente intitulavam o meu conjunto de "volante da LEGO". Durante todo o ano, tive de ouví-los dizer "ah, e tal, porque tu és fantástico, fazer o que tu fazes com o volante da LEGO é genial, andar ao ritmo que andas com um travão do chinês é fabuloso, e tu não ganhas corridas porque, coitadinho, tens de correr com os brinquedos do teu filho de 3 anos". E tudo isto me incomodava, porque na realidade eu esforçava-me imenso por fazer asneira! Estava determinado a provar que a razão da minha inépcia para o simracing não estava no material que tinha mas sim na minha pessoa!

Eis que um dia, o Tiago Monteiro publica no nosso grupo aquilo que me pareceu um negócio da China: um volante Fanatec Porsche 911 GT3 RS V2 à venda no OLX pelo fantástico preço de 50€! Pequeno pormenor: o vendedor era uma senhora de uma terreola numa freguesia do conselho de Braga! Epá, era bom demais para ser verdade, mas... e se o equipamento estivesse mesmo bom?

Com a ajuda do Tiago, que é natural de Vila Real (apesar de tudo "ligeiramente" mais perto de Braga do que eu, alfacinha de gema), lá arranjámos maneira de contactar a mulher, tratar do negócio e enviar o volante para baixo! Antes disso, obviamente, era necessário arranjar pedais para o volante, pois os do DFGT não eram compatíveis com o Fanatec (só os do G25/27/29 é que são) e mesmo que fossem seria um completo anticlimax!!

Nem de propósito, ainda estávamos a tratar do negócio e eis que surge um novo anúncio no OLX: um moço da Margem Sul tem uns pedais Fanatec CSR para venda. Uma vez que os CSR (não são os Elite) só são "usáveis" nos volantes Fanatec, ele estava com alguma dificuldade em vendê-los, e ainda os acompanhavam os dois shifters (caixa em H e caixa semi-sequencial). Preço: 30€! Epá, fui logo procurar testar a coisa e verificar se tudo se encontrava ok com o equipamento. Recebi o volante proveniente de Vila Real numa 6ª e Sábado fui buscar os pedais. Liguei tudo e... TCHARAN!!!! PERFEITO!!!!

"EH!!! NANANÃO!!! NANANANANANANÃO!!! Então, mas tu sabes fazer contas?! 50€ do volante mais 30€ dos pedais, apesar de serem um belo negócio, dão 80€! Estás em busca de clicks, ou já não sabes fazer contas, uma vez que 80 não são 30?!"

Pois é, é verdade. Mas a realidade é que ainda arranjei comprador para o meu DFGT por 50€. O meu DFGT (que veio das mãos do João Monteiro da Playteam) estava em perfeitas condições e houve um feliz contemplado que pretendia iniciar-se no simracing que me pagou esse bom dinheiro por ele. Sem qualquer tipo de falsas modéstias, tomara muitos dos DFGT que estão no OLX a 70€ estarem em tão bom estado como o meu, regularmente limpo e tratado por forma a estar no melhor estado possível, ou não fosse a minha ferramenta para o hobby caseiro que tanto gosto!

Assim sendo, estou agora em perfeitas condições de provar que a causa da minha inépcia está mesmo nas minhas mãos e não no material que tenho à disposição. Ok, não é um material novo, nem mesmo de topo. Se o Fanatec Porsche GT3 RS é um dos melhores produtos da sua geração, os pedais eram uma boa entrada de gama. Não têm load cell, têm várias partes plásticas, mas as molas são reguláveis em termos de pressão e os pedais têm curso e posição igualmente reguláveis. Se me der na cabeça, também podem ser montados invertidamente, tal como os CSR Elite. Têm-se comprovado como uma grande mais valia nos últimos tempos, permitindo-me ser mais consistente... ou mais consistentemente burro, neste caso. No fundo, consegui uma melhoria no equipamento com um custo efectivo muito reduzido, e que se tudo correr bem ainda me dá para uns aninhos de diversão. Entretanto, a miúda casa-se, o puto pira-se para uma expedição de atravessamento da Antártida em snowboard e aí sim poderei pensar em algo mais top, se se justificar e não me estiver a babar numa cadeira de baloiço a dizer "Volante de LEGO? Mas chega para ficar à tua frente, Serafim... e de ti em Braga, Zé Almeida... pois é... pois é..."



Por isso, procurem. É bom comprar material novo, mas tenham em linha de conta que há sempre bons negócios de usados por aí.

6
Automobilismo Real / F1 2018
« on: February 16, 2018, 15: 27 »
Principais mudanças:
- umas mexeriquices que levaram a limitações regulamentares relacionadas com óleo, outros lubrificantes e cenas assim que pudessem ser induzidos no motor para dar mais potencia;
- os pneus, no geral, estão mais moles, o que vai dar mais grip aos carros (os Hard 2018 têm a consistência dos Medium 2017, e assim por diante);
- há um novo composto, o Hiper Soft, a juntar a Ultra Soft, Super Soft, Soft, Medium e Hard, além dos de chuva Intermediates e Wet.
- os pilotos têm de ter um peso mínimo obrigatório de 80kg (quem for pequenino e baixinho, ou fica gordo ou leva lastro). Isto para evitar as anormalidades que temos assistido nos últimos anos de pilotos com 1,85 e 70kg, o que pode criar problemas de saúde.
- por último, a inclusão obrigatória do famigerado, horrível e detestado HALO!! O dispositivo visa proteger a cabeça dos pilotos de impactos de coisas que possam causar ferimentos graves ou mesmo fatais (rodas ou peças grandes e pesadas).



Duas equipas já apresentaram as suas bombas para 2018:

HAAS


WILLIAMS

7
Muito tem acontecido e pouco se tem falado aqui no desporto automóvel. Então, vamos lá tentar espicaçar isto um bocadinho:

- A Mercedes anunciou que vai abandonar o DTM a partir de 2019. A marca alemã decidiu que vai dar prioridade a outro projecto desportivo: a Fórmula E;

- Há rumores a pairar que a Volvo pode deixar o WTCC, o que deixaria o campeonato em estado crítico, pois só teria a Honda como construtor oficial. A FIA e os promotores já andam no terreno em busca de solução;

- A Mclaren mandou a Honda aos ninhos. Bom, mais ou menos... Foi mais na base de impingir a Honda à Toro Rosso para assim ficar com os motores Renault, motores esses que eram fornecidos à equipa júnior da Red Bull;

- Com a chegada da Renault à Mclaren, Fernando Alonso vai ficar por lá pelo menos mais um aninho (notícia fresquinha, confirmado hoje);

- Daniil Kvyat, o sacana do russo que roubou o carro de F1 ao Félix da Costa, pode fazer este fim de semana a sua última corrida de F1 dos próximos tempos. O tipo começou na Toro Rosso, subiu à Red Bull, e os disparates foram tantos que a meio da época de 2015 foi despromovido à Toro Rosso por troca com o Max Verstappen. Desde aí as suas prestações têm sido dignas do Titanic, com o corolário a ser a sua destituição do lugar nas últimas duas corridas para Pierre Gasly. Só corre nos EUA porque Gasly tem de lutar nesse mesmo fim de semana pelo título da Super Fórmula japonesa. Depois disso, é provável que até o Brandon Hartley lhe fique com o lugar.

- A Porsche fartou-se de ganhar Le Mans e vai por isso abandonar o WEC e consequentemente os LMP1 Hibridos. Para onde vai apontar agulhas?! Isso mesmo: Fórmula E!

- Para o ano na F1, teremos aquilo que se chama uma salada russa lá para os lados do tipos austríacos das latinhas. Aston Martin Red Bull / Tag Heuer. A Aston Martin tornou-se patrocinador principal da equipa de Formula 1 da Red Bull, prevendo-se a entrada dos ingleses na categoria como fornecedores de motores aos carros dos bois lá para 2021, quando as regras das unidades motrizes vão mudar. Por enquanto, mantêm-se com motores Tag Heuer de autocolante, Renault na realidade.

- Quem pode estar de volta à F1 para o ano é o Robert Kubica. Depois do acidente de rally em 2011, que quase o matou, o polaco esteve afastado da disciplina máxima do automobilismo. No entanto, nos últimos meses fez vários testes, quer com a Renault (já com o carro de 2017) e com a Williams (com o carro de 2014, por imposição regulamentar) e pelo que consta está na linha da frente para substituir Felipe Massa na equipa do Sir Frank;

- Por fim, o Lewis Hamilton pode ser já campeão de F1 (pouco provável acontecer já), o Filipe Albuquerque pode ser campeão do ELMS (pouco provável acontecer), decide-se o título do TCR Ibérico... e pronto, basicamente é isto.

Pronto, muito tema para discutir. Que raio de simracers são vocês que não discutem desporto, hein?!?!?!

8
Automobilismo Real / Acidente arrepiante na F4 britânica
« on: April 20, 2017, 15: 48 »
! No longer available


O resultado disto é triste: após 90 minutos de intervenção para o retirarem do monolugar, Billy Monger, 17 anos, ainda está em coma induzido mas com ambas as pernas amputadas.  :(

10
Automobilismo Real / F1 2017
« on: February 17, 2017, 10: 39 »
A primeira apresentação oficial será no dia 20... quer dizer, a primeira in-loco. Isto porque a Williams era a única equipa sem data marcada para a apresentação do carro e hoje percebe-se porquê: publicou na internet as imagens do seu carro para 2017.





Entretanto, também apareceu um video do pretenso Mclaren MCL32. Sim, acontece disto muito, com muita tanga à mistura, mas não só o video está muito bem feito, como quem o divulgou foi uma página supostamente ligada (mas não oficializada) a Fernando Alonso.

https://www.youtube.com/watch?v=lJpOmUkpED8

Se da Williams é a decoração esperada, a da Mclaren é surpreendente, mesmo que já se esteja à espera que o laranja volte a fazer parte da decoração da equipa, numa recuperação histórica que Ron Dennis nunca quis fazer.

Independentemente disso tudo, o que realmente conta é que esteticamente os carros parecem mais bem dimensionados (deixam de ter aquela "baliza" estranha a que chamavam de asa traseira, tendo agora algo muito mais sóbrio), e os pneus enormes dão-lhes um ar bem mais agressivo.

11
Outros simuladores / Motorsport Manager
« on: December 29, 2016, 17: 19 »
20 e tal euritos no Steam e têm aqui um "simulador" de manager de monolugares muito interessante. Pús aspas porque no que diz respeito ao aprofundamento técnico é muito superficial. Por exemplo, o setup dos carros resume-se a pneus (pressão / camber), asas (frente/trás), suspensão e caixa de velocidades. No entanto, no Championship Manager também não andamos a dizer ao jogador X para chutar com mais força para o canto inferior direito a 3cm do poste...

Achei o jogo bastante imersivo, com o normal do que se espera de um jogo de manager (contratar e gerir espectativas dos pilotos, evoluir o carro, preparar as corridas, estratégia de equipa, upgrade de instalações, gestão de equipa técnica, contratos de sponsors, etc.), com a adição de alguns pormenores interessantes como a possibilidade de desenvolver peças no limiar da ilegalidade (ou até claramente ilegais) e a participação em reuniões para estabelecimento de regras do desporto, onde se pode tentar alterar as regras para o futuro de forma vantajosa para a nossa equipa.

Como contra, tem o facto de não haver qualquer licenciamento de categorias, ser tudo monolugares e <piada machista> de haver gajedo com fartura a guiar... bem, isso até pode não ser propriamente um contra.  :biggrin: </piada machista>

Já vários foram os títulos que tentaram e falharam, mas este Motorsport Manager foi o primeiro que achei realmente piada.

! No longer available



12
Automobilismo Real / Honda NSX GT3 :)
« on: March 31, 2016, 12: 16 »
Vá, equipas de modding ou de desenvolvimento dos sims, toca a trabalhar!!

http://www.autosport.pt/velocidade/wec/honda-apresentou-acura-nsx-gt3/

 :clapping: :clapping: :clapping: :clapping: :clapping: :clapping: :clapping:

13
Live for Speed / O pessoal vai ligar os cangalhos velhos...
« on: March 29, 2016, 00: 49 »
... e fazer um mini-campeonato de Super Turismo com os GTR's.




Provas com Qualy (10 min) e duas corridas aos domingos a partir das 22:30!
Calendário (45Km + 1 volta):

03/Abr - Prova 1 - Kyoto National (KY2) - 10 + 10 voltas
10/Abr - Prova 2 - Fern Bay Gold (FE3) - 14 + 14 voltas
17/Abr - Prova 3 - Westhill International (WE1) - 9 + 9 voltas
24/Abr - Prova 4 - Aston North (AS7) - 10 + 10 voltas
01/Mai - Prova 5 - South City Long (SO4) - 13 + 13 voltas
08/Mai - Prova 6 - Blackwood GP (BL1) - 15 + 15 voltas

Método de pontuação: 5 pts, 3 pts, 2pts, 1pt, 1pt, 1pt, 1pt, 1pt, 1pt, 1pt, 1pt, 1pt,...
2ª corrida com grelha totalmente invertida relativamente ao resultado da primeira corrida.

Se estiverem interessados, não se acanhem: este "campeonato" vai ser, até ao momento, disputado por 4 valentes revivalistas (eu e o Ricardo Gama incluídos). Digam qualquer coisa.

14
Automobilismo Real / Depois da Formula E, eis a Electric GT!
« on: February 10, 2016, 15: 24 »
http://www.autoportal.iol.pt/desporto/velocidade/electric-gt-uma-nova-competicao-para-2017/

Confesso que se o facto de uns serem fórmulas tem o seu encanto, esta modalidade tem caraterísticas mais interessantes, como o carregamento obrigatório de forma ultra rápida e o facto de usar Teslas na grelha, numa primeira instância.

15
Deixo aqui este post porque no outro dia deparei-me com um vídeo no Youtube e a partir daí tenho andado a devorar autenticamente as transmissões destes gajos.

A realidade é que não é propriamente pelos comentadores, que apesar de estarem muito bem informados sobre os pilotos não são assim algo de muito extraordinário. O principal gozo está em seguir, por exemplo, o iRacing.com World Championship Grand Prix Series onde correm esses mitos do simracing chamados Greger Huttu, Atze Kerkhof, Hugo Luis e outros. Muitos não gostam propriamente de F1, mas certamente não podem ficar indiferentes a uma corrida em que o 1º e o 35º (não é lapso, são mesmo 35 carros em pista) acabaram a qualificação separados por...

... 0.8 SEGUNDOS

Aqui se percebe que o Greger Huttu é mesmo uma máquina! E segue rumo ao seu 5º título, 4º consecutivo...

Há muita coisa para ver com os melhores do mundo, quer em road racing quer em ovais, dependendo dos gostos e estado de alma de cada um. Vejam em www.racespot.tv ou no canal Youtube.

Pages: [1] 2 3 ... 5