Recent Posts

Pages: [1] 2 3 ... 10
1
Essa é a parte melhor da penalização: drive through para contemplar as ondas, quiçá ainda dar um mergulho, e depois voltar para a pista. Acho que vou fazer pelo menos uma paragem para trocar pneus, para poder dar mais outro mergulho!
2
Eu acho que o Nuno devia era ter sido expulso do campeonato, aquilo que ele fez nunca tinha visto igual, é mesmo mau e uma atitude anti-desportiva.  :acute:
E como não foi expulso devia de fazer um Drive-Through em todas as voltas de todas as corridas do campeonato.
Ficam já avisados que se o apanhar em pista na Holanda ele vai voar até à praia  :beach: da porrada  :diablo: que vai levar. Claro que o meu carro vai ficar danificado e por isso vou ter que o acompanhar até à praia, ainda não sei quem vai levar as cervejas fresquinhas  :drinks: , mas como foi ele o culpado desta vez vai ter que ser ele a chegar-se à frente.
De qualquer maneira a Ocidental Seguros já entrou em contacto com a seguradora do Nuno (penso que seja a Vitoria Seguros  :biggrin: ) para ele pagar o arranjo do Formula.

 :friends:
Sem problema Nuno

3
(...)
Começou logo com o facto de, por uma razão desconhecida, estar a ter "brakes" no AC.

(...)

A corrida começou com um toque na primeira curva que me fez sair de pista e perder o contacto com a malta... Depois, de vez em quando lá vinham os brakes, que me cortavam a piada toda na corrida.

(...)

No entanto, queria também reforçar o que o Nuno Rodrigues refere acima, principalmente pelo que se vê na transmissão: pela segunda vez em duas provas, a primeira volta é um caos. Fórmulas não são carros de turismo, e qualquer toque dá bónus. A abordagem do pessoal na primeira volta tem de ser muito mais cautelosa, mesmo se o damage é de apenas 60%. Se calhar, por isso mesmo, os carros deviam de estar mais sensíveis, pois se é chato ficar de fora da corrida por um acidente, quase que há um sentimento de impunidade, pois o dano provocado pelos toques afecta pouco o rendimento dos carros. Isso não invalida que o pessoal tem de ter mais cuidado no arranque e na primeira volta. "Na primeira volta, ninguém ganha corridas mas pode-se perder."
Fui, e bem, penalizado pelo incidente na primeira curva.

Conforme disse, passei a corrida toda com ligeiros "brakes", ou "breaks", ou "freezes" (como lhe quiserem chamar) que apareciam do nada sem saber muito bem porquê. No momento da abordagem à T1 tive um "freeze" que imaginei que até pudesse ter sido causado pela colisão que tive, pois quando a imagem voltou já estava em derrapagem. Mas afinal essa colisão fui eu quem a provocou como mero passageiro do carro.

Isto não invalida em nada a advertência que fiz, aqui devidamente posta a negrito. Para evitar que o que aconteceu ao Honorato aconteça novamente nas próximas corridas, baixei os efeitos gráficos do meu AC. Agora, aqui, nem o carro anda nem a paisagem é bonita... :D :D :D :D
4
Update:

- Equipa: VSRT-Fighting4Autism
- Classe: P
- Carro: Coyote Corvette DP
- Nome e GUID Piloto 1: Mário Leitao / 76561197986780141
- Nome e GUID Piloto 2: Baltazar Lima / 76561197992866461
- Pintura Personalizada: sim
- Número: - 33 se aparecer algum padock depois logo se escolhe outro e 66
   
6
Desta vez conseguimos tudo a tempo e horas! :i-m_so_happy:
Ja estao a caminho!



7
Relatório do CAI - Prova 2: FS British Grand Prix @Silverstone


Quote
Piloto que protesta: Sérgio Azevedo
Equipa: Gaming Events
Piloto protestado: José Almeida
Equipa: Codoil Motorsport I
Momento do replay: Volta 20 (última volta) - Curva 4 (The loop)

O piloto José Almeida, na curva 3, sai para fora dos limites da pista apesar do piloto Sérgio Azevedo lhe ter dado espaço. Devido a esta saída ligeira da pista, os dois pilotos chegam a par à curva 4 (com José Almeida por dentro e Sérgio Azevedo por fora), onde se dá o toque. No caso específico na curva 4, o piloto José Almeida trava por dentro e mantém a linha de dentro, enquanto o piloto Sérgio Azevedo mantém-se por fora, mas deixa pouco espaço no interior da curva (espaço que o piloto José Almeida tinha direito por ter chegado a par à travagem da curva) e dá-se o toque. Devido a este toque, o piloto José Almeida assumiu a liderança, enquanto o piloto Sérgio Azevedo perdeu a liderança e a 2ª posição para o colega de equipa, esta por não ter defendido a posição na entrada da curva 5. No entanto, o CAI considera que José Almeida ganhou vantagem ao ter saído dos limites da pista para se poder colocar a par do adversário antes da curva 4. O piloto José Almeida é considerado responsável pelo acidente. Decisão do CAI: Penalização de 10 pontos na classificação do campeonato




Análise da Volta 1

O piloto Carlos Basto, na curva 1, alarga e embate na lateral do piloto Sandro Simões, causando a saída de pista e consequente perda de posições para o segundo. Decisão do CAI: Drive-Through na próxima corrida em que participar

O piloto Nuno Vitória na curva 1, alarga e embate na lateral do piloto Paulo Honorato, causando a saída de pista e consequente perdas de posições para os dois. Decisão do CAI: Drive-Through na próxima corrida em que participar

Os pilotos Alexandre Caetano e Domingos Vaz, na curva 2, tomam trajetórias convergentes e tocam-se, com saída de pista e perda de posições para o Domingos Vaz. No entanto, o CAI considera que a mudança de trajetória mais brusca do piloto Alexandre Caetano foi a razão principal de ter acontecido o toque. Decisão do CAI: Penalização de 10 pontos no campeonato

O piloto Gonçalo Viegas, na curva 3, trava tarde e embate na lateral traseira do piloto Vasco Lemos, levando à saída de pista do mesmo com consequente perda de posições. O CAI considera que o piloto Gonçalo Viegas foi demasiado agressivo com a tentativa de ultrapassagem, uma vez que a distância a que se encontrava do seu adversário era muito grande. Decisão do CAI: Drive-Through na próxima corrida em que participar

O piloto Domingos Vaz, na sequência do incidente com o piloto Alexandre Caetano, entra na pista antes da curva 3, fazendo o piloto Sandro Pinho abrandar e mudar a trajetória. Com esta mudança de trajetória, o piloto Sandro Pinho ficou numa situação de estar no meio de 2 carros na travagem para a curva 3 (com o piloto Fernando Silva por dentro e o piloto Domingos Vaz por fora). Com pouco espaço para a realização da curva, devido a estarem três pilotos lado-a-lado e à natureza da curva (curva apertada à direita), o piloto Sandro Pinho toca no piloto Domingos Vaz, entrando em pião e ficando imobilizado no meio da pista entre as curvas 3 e 4 (todos os incidentes envolvendo colisões com o piloto Sandro Pinho neste espaço entre as duas curvas são considerados incidentes de corrida). O CAI considera que o piloto Domingos Vaz devia ter tido mais cuidado na reentrada em pista. Decisão do CAI: Penalização de 10 pontos no campeonato

O piloto Vasco Lemos, na sequência do incidente com o piloto Gonçalo Viegas, entra na pista muito perto da trajetória ideal na curva 4, embatendo na lateral do piloto Carlos Basto, levando à perda de algumas posições para os dois pilotos. O CAI considera que o piloto Vasco Lemos devia ter tido mais cuidado na reentrada em pista. Decisão do CAI: Penalização de 10 pontos no campeonato

O piloto Sérgio Miranda, na curva 6, dá pouco espaço ao piloto Cláudio Fernandes, que está no interior da curva, levando ao toque, que resultou na perda de posições para ambos os pilotos (O piloto Sérgio Miranda perdeu mais posições que o piloto Cláudio Fernandes). Decisão do CAI: Advertência
8
Parabéns Fernando! Gande andamento  :ok:
9
Apresentação / Re: Apresentação - Carlos Moutinho
« Last post by Mário Peixoto on Yesterday at 20:38 »
Muda o óleo do carro, Carlos. Se está na garagem há tanto tempo, não é bom sinal. :D

Bem re-vindo!! :biggrin:
10
titleGroup A Super Trophy / Re: Group A Super Trophy: Inscrições
« Last post by Rui Paiva on Yesterday at 19:58 »
- Equipa: Playteam
- Carro: Subaru Impreza 555
- Piloto: Rui Paiva
- Nome RaceNet: Rui Paiva
Pages: [1] 2 3 ... 10