Author Topic: Estratégia de Pit  (Read 3666 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Pedro Roldan

  • Veterano
  • ****
  • Posts: 2157
  • Liked: 69
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Uma palhinha como joystick, 2 pas do lixo como rudders, e um copo de cardhu
Estratégia de Pit
« on: July 13, 2011, 11: 40 »
Já andei à procura de bastante informação sobre este assunto, mas gostava de saber de vossa razão.

Tomando como exemplo uma corrida de 40 minutos, quais as estratégias de pit mais utilizadas e porque ?

Offline Daniel Mendonça

  • Lenda
  • *****
  • Posts: 4184
  • Liked: 56
    • View Profile
    • GhostSpeed
  • Simulation Hardware: Logitech G27
Re: Estratégia de Pit
« Reply #1 on: July 13, 2011, 13: 11 »
Boas Pedro.

No ano passado acho que só fiz uma pit-stop ao longo do campeonato, em corridas de 40minutos também. Portanto, não contes muito com isso. Mas o saber nunca é demais.

Quanto menos combustível meteres na paragem, mais rápida, logicamente, este é um ponto que muitos desvalorizam.
Faz por saber quanto tempo perdes numa paragem +-, e vê se te compensa parar tendo em conta o tempo que estás no momento a perder para as tuas melhores voltas.

Técnicas de paragem:

Define as teclas "Starter" e "Ignition". Quando chegares ao local de paragem, desligas o carro manualmente. Em primeiro os mecânicos tratam do combustível, e depois dos pneus. Logo depois de te mudarem a informação de "refueling" para "Changing tires", carregas nas teclas que definiste, "Ignition" e depois "Starter", (e começa faz isto em com o carro em "Neutro". Uma vez não me ligava porque tinha a 1ª metida) e começas logo a acelerar.

Eu ainda não experimentei, mas o Mário já me disse que resulta, dá o pitstop request no início da volta.

Offline Marcio Sousa

  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1120
  • Liked: 6
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #2 on: July 13, 2011, 13: 47 »
Pelo que sei, terias 2 opções de pit...

Opção 1:

Começas com combustível para 20 min (mais coisa menos coisa).
Quando chegar a altura, paras e metes combustível para os restantes 20 min, e mudas pneus.

Desvantagem: é uma paragem mais prolongada, pois tens de meter muito combustível.
Vantagem: Começas com o carro mais leve, logo mais rápido. O facto de mudares de pneus a meio, faz com que corras com pneus em boas condições durante toda a prova, logo menos perda de tempo devido ao desgaste dos mesmos (falta de aderência)


Opção 2:

Começas de tanque cheio.
Quando chegar a altura, mais lá para o fim da corrida, ou quando os pneus assim obrigarem, paras e metes combustível para a restante prova, e mudas pneus.

Desvantagem: Começas mais pesado, logo mais lento. O facto de andares com os pneus em piores condições durante mais tempo em pista, faz com que percas mais tempo por volta devido ao desgaste dos mesmos (falta de aderencia).
Vantagem: é uma paragem rápida, pois colocas menos combustível.


Conclusão... tens de experimentar um e outro para veres qual o que se adapta melhor a ti.
Ou então arranjares outra estratégia.
Marcio Sousa - Playteam

Offline Jaime Costa

  • Experiente
  • ***
  • Posts: 565
  • Liked: 2
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #3 on: July 13, 2011, 19: 14 »
E ainda há a táctica de não fazer paragens. É mesmo à justa para os 40min mas dá para fazer.

Offline Mário Peixoto

  • Escrivão e
  • Gestor de Redes Sociais | Staff
  • Lenda
  • ****
  • Posts: 19421
  • Liked: 2160
  • Braga
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Fanatec CSL Elite Base+ | Fanatec McLaren GT3 Wheel | Fanatec ClubSport Pedals v2
  • Paddock Member: Yes
Re: Estratégia de Pit
« Reply #4 on: July 13, 2011, 19: 45 »
Técnicas de paragem:

Define as teclas "Starter" e "Ignition". Quando chegares ao local de paragem, desligas o carro manualmente. Em primeiro os mecânicos tratam do combustível, e depois dos pneus. Logo depois de te mudarem a informação de "refueling" para "Changing tires", carregas nas teclas que definiste, "Ignition" e depois "Starter", (e começa faz isto em com o carro em "Neutro". Uma vez não me ligava porque tinha a 1ª metida) e começas logo a acelerar.

Eu ainda não experimentei, mas o Mário já me disse que resulta, dá o pitstop request no início da volta.

Além de tudo isto, é importante saber qual o limite de velocidade do pit limiter para a pista em questão e onde é que este entra em ação. Isto porque há pistas onde a velocidade do pit limiter é mais elevada que o normal (60 km/h é o normal). Na última prova de GT1 em Singapura, por exemplo, a velocidade era 95 km/h. Portanto, convêm saber a velocidade do pit limiter em cada pista.

A entrada na zona de box (e portanto, a zona de pit limiter) também precisa de ser estudada, porque nem sempre é onde se pensa. Em muitas pistas há um semáforo e linhas brancas no chão a indicar, mas também há várias pistas onde ou não há nada marcado ou então as linhas/semáforos que aparecem não indicam ainda zona de pit limiter (ou até já estão dentro, ambos os casos podem ocorrer). Portanto, é sempre bom treinar a entrada nas boxes e ver onde é que o pit limiter deve ser ativado. É importante dizer também que quando se entra na zona da box o carro já tem de estar dentro da velocidade limite! Ou seja, não se pode ir a acelerar, dar o pit limiter e entrar na box acima da velocidade permitida. O jogo dá logo stop & go. Cuidado também com mudanças altas. Na última prova de GT2 o Pedro Louro notou que em mudanças altas (5ª/6ª) o carro na boxe passava a velocidade limite, mesmo com o pit limiter ativado. Portanto, cuidado aí também (e na pace lap já agora, mudanças altas é bom para gastar menos, mas o pit limiter pode não funcionar devidamente).

Por fim, uma coisa que eu faço sempre é já ter definido o que quero mudar e dar o sinal de "pit request" mal passo a linha de meta. Assim, quando chego ao final do primeiro sector já o jogo me diz que posso parar na box nessa volta. Não se deve nunca mudar as definições pré-programadas, já agora, pois isso vai fazer com que os mecânicos tenham de ir buscar novos pneus (por exemplo). Ou seja, quando se dá o "pit request" já se deve ter tudo selecionado. Por fim, e isto aprendi com o Fernando Bento na transmissão de segunda-feira, colocar "don't fix" em tudo pode ajudar, mesmo que o carro não precise de reparações. Pessoalmente nunca experimentei, mas vou passar a usar.

De resto é como o Daniel diz. Eu desligo o carro com ele ainda em andamento (na travagem para parar), assim mal paro ele desliga completamente e os mecânicos metem logo combustível. Mal isso acaba, ligo o carro (no meu caso posso ligar em 1ª porque tenho auto-clutch - não tenho embraiagem nos pedais, daí o auto-clutch) e vou dando umas acelaradelas. Mal o jogo o permita é só arrancar. Cuidado é para não arrancar com pica a mais, há carros que podem dar ali a volta e bater logo em alguma coisa (já me aconteceu hehe).

Offline Pedro Lima Jr

  • Team Manager
  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1880
  • Liked: 162
  • Playseat + 3x24" + CSW
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #5 on: July 13, 2011, 21: 22 »
Boas Pedro,
só consegues prever bem as paragens quando souberes o que consomes tanto que gasolina como de pneus, isso têm muita influência.
Nas corridas de GT2 que duram 100Min aponto a paragem para meio, nos pneus gasto muito pouco comparando com outras pessoas, normalmente uso Soft soft enquanto outros que levam med med e só 1 corrida senti desgaste dos pneus enquanto outro derretem os med. (OK se calhar tenho de acelerar mais).
Na gasolina calculo o consumo volta * voltas previstas (100min/tempo volta) / 2.

Eu focava-me mais nestes 2 pontos:
pneus:
quanto tempo consigo aguentar os soft/Med? aguenta os 40min? se não tenho de parar!
sendo preciso para é necessário que aguentem pelo menos 20 min para parar só 1 vez, quais aguentam isso? soft/med?
Gasolina: fazer as contas em cima.

Sendo necessário como indicado treinar as entradas e saidas da box.

Não sendo dos mais experientes aqui fica a minha opinião!


                                 https://www.facebook.com/KfcRacingTeam

                                 http://kfcracingteam.webs.com/

Offline Nelson Lira

  • Team Manager
  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1225
  • Liked: 300
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #6 on: July 13, 2011, 21: 25 »
Tópico interessante. Obrigado a todos que estão a partilhar a sua experiência. Eu sou daqueles que ainda tem dificuldades no momento das paragens, perco muito tempo.

Offline Ricardo Garrido

  • Membro
  • **
  • Posts: 238
  • Liked: 0
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #7 on: July 13, 2011, 22: 29 »
Para falar de estratégias de pit-stop abram alas para os mestres Carlos Costa e Francisco Fonseca  :thank_you2:

Offline Delgado

  • Real-Life should be more like a Videogame. Not the other way around...
  • Lenda
  • *****
  • Posts: 2801
  • Liked: 94
  • Too many Noddy's around here...
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #8 on: July 13, 2011, 23: 06 »
Ai que xusto, vi um funtasma!!  :biggrin:

Quote
Para falar de estratégias de pit-stop abram alas para os mestres Carlos Costa e Francisco Fonseca
Eles que VENHAM Ricardo!!!

Offline Jorge Mendes

  • Membro
  • **
  • Posts: 256
  • Liked: 30
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #9 on: July 13, 2011, 23: 43 »
Para falar de estratégias de pit-stop abram alas para os mestres Carlos Costa e Francisco Fonseca  :thank_you2:

Is it really you?  :shok: lol  :biggrin:

Offline Ricardo Garrido

  • Membro
  • **
  • Posts: 238
  • Liked: 0
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #10 on: July 16, 2011, 02: 32 »
Para falar de estratégias de pit-stop abram alas para os mestres Carlos Costa e Francisco Fonseca  :thank_you2:

Is it really you?  :shok: lol  :biggrin:
As saudades apertam mas falta tempo. O facto de não ter volante e gráfica também ajudam a filtrar as decisões por impulso  :biggrin:

Relativamente à estratégia de pitstops, nomeadamente na escolha da quantidade de combustível a levar à partida e, directamente relacionado, a quantidade de combustível no depósito no momento da paragem, deve-se ter em atenção o consumo/desgaste de pneus que a vossa condução tem associado.

Uma das melhores formas de ganhar tempo nas boxes é, aquando do pitstop, ter alguma quantidade de combustível no depósito pois isso significa menos combustível para adicionar e, consequentemente, uma paragem mais curta. Isto pressupõe partir de início igualmente com o depósito mais cheio o que, se o vosso ritmo num determinado circuito for superior ao dos vossos concorrentes directos, pode significar um nível de andamento semelhante ou ligeiramente inferior até à primeira paragem. Como os pilotos são seres humanos eles adaptam-se ao vosso nível de andamento e, após a paragem, vocês possuem uma boa vantagem para gerir, o que aliado ao factor surpresa e necessidade de recuperação através de estilo kamikaze, dá boas hipóteses de uma excelente posição. Esta estratégia tem de ter associada uma condução certa, sem erros, por pena de perder toda esta vantagem pois conduzir com pneus gastos e com o carro pesado = KO.

Além disto, dependendo de certas características do(s) piloto(s) que partem à vossa frente, pode fazer sentido deslocar o pitstop( em caso de apenas um necessário) para uma paragem mais prematura ou mais tardia.
Exemplo:
1 - o vosso competidor directo está com melhor andamento.
2 - vocês partem com menos combustível e imprimem um andamento muito forte, conseguindo ultrapassá-lo.
3 - por julgar que está com um andamento de corrida mais fraco ou, simplesmente, porque não entendem que possam estar com uma estratégia diferente, o vosso competidor causa um desgaste muito elevado de pneus a tentar acompanhar o vosso andamento inicial, o que significa que no final do primeiro turno o andamento será bem mais lento, perdendo tempo e toda a vantagem que levavam à partida para a corrida.

Quando o vosso nível de condução está estabilizado e o conhecimento dos competidores é razoável, um novo conjunto de variáveis surge nas corridas e nem sempre aquele com maior velocidade pura vence, ou por não ser constante, ou por não seguir a estratégia delineada. Obviamente as (boas) estratégias traçadas para uma corrida devem ser seguidas e apenas alteradas caso se traduzam em vantagem óbvia.

P.S. As in: "The art of war (of racing)" by Ricardo Garrido  :biggrin:

Dito isto, o meu modus operandi é mais no sentido de "fuel it and floor it"  :victory:

Dava para continuar a escrever uns valentes textos sobre este tema, um dos muitos que o sim racing envolve.
Boas corridas

Offline Rui Oliveira

  • Experiente
  • ***
  • Posts: 788
  • Liked: 25
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #11 on: July 16, 2011, 22: 37 »
Para falar de estratégias de pit-stop abram alas para os mestres Carlos Costa e Francisco Fonseca  :thank_you2:

Is it really you?  :shok: lol  :biggrin:
As saudades apertam mas falta tempo. O facto de não ter volante e gráfica também ajudam a filtrar as decisões por impulso  :biggrin:

Relativamente à estratégia de pitstops, nomeadamente na escolha da quantidade de combustível a levar à partida e, directamente relacionado, a quantidade de combustível no depósito no momento da paragem, deve-se ter em atenção o consumo/desgaste de pneus que a vossa condução tem associado.

Uma das melhores formas de ganhar tempo nas boxes é, aquando do pitstop, ter alguma quantidade de combustível no depósito pois isso significa menos combustível para adicionar e, consequentemente, uma paragem mais curta. Isto pressupõe partir de início igualmente com o depósito mais cheio o que, se o vosso ritmo num determinado circuito for superior ao dos vossos concorrentes directos, pode significar um nível de andamento semelhante ou ligeiramente inferior até à primeira paragem. Como os pilotos são seres humanos eles adaptam-se ao vosso nível de andamento e, após a paragem, vocês possuem uma boa vantagem para gerir, o que aliado ao factor surpresa e necessidade de recuperação através de estilo kamikaze, dá boas hipóteses de uma excelente posição. Esta estratégia tem de ter associada uma condução certa, sem erros, por pena de perder toda esta vantagem pois conduzir com pneus gastos e com o carro pesado = KO.

Além disto, dependendo de certas características do(s) piloto(s) que partem à vossa frente, pode fazer sentido deslocar o pitstop( em caso de apenas um necessário) para uma paragem mais prematura ou mais tardia.
Exemplo:
1 - o vosso competidor directo está com melhor andamento.
2 - vocês partem com menos combustível e imprimem um andamento muito forte, conseguindo ultrapassá-lo.
3 - por julgar que está com um andamento de corrida mais fraco ou, simplesmente, porque não entendem que possam estar com uma estratégia diferente, o vosso competidor causa um desgaste muito elevado de pneus a tentar acompanhar o vosso andamento inicial, o que significa que no final do primeiro turno o andamento será bem mais lento, perdendo tempo e toda a vantagem que levavam à partida para a corrida.

Quando o vosso nível de condução está estabilizado e o conhecimento dos competidores é razoável, um novo conjunto de variáveis surge nas corridas e nem sempre aquele com maior velocidade pura vence, ou por não ser constante, ou por não seguir a estratégia delineada. Obviamente as (boas) estratégias traçadas para uma corrida devem ser seguidas e apenas alteradas caso se traduzam em vantagem óbvia.

P.S. As in: "The art of war (of racing)" by Ricardo Garrido  :biggrin:

Dito isto, o meu modus operandi é mais no sentido de "fuel it and floor it"  :victory:

Dava para continuar a escrever uns valentes textos sobre este tema, um dos muitos que o sim racing envolve.
Boas corridas
Muito bom :dirol:

Offline Mário Peixoto

  • Escrivão e
  • Gestor de Redes Sociais | Staff
  • Lenda
  • ****
  • Posts: 19421
  • Liked: 2160
  • Braga
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Fanatec CSL Elite Base+ | Fanatec McLaren GT3 Wheel | Fanatec ClubSport Pedals v2
  • Paddock Member: Yes
Re: Estratégia de Pit
« Reply #12 on: July 16, 2011, 22: 49 »
Aquilo que o Ricardo Garrido escreveu já é areia a mais para a minha camioneta lol. Eu cá planeio bem as paragens, e no caso do GT2, que foi o único campeonato que fiz para já com paragens certas, a minha estratégia é sempre levar tanque cheio e gastar o mais que puder. Só entro nas boxes quando já estou com muitos poucos litros (geralmente para mais uma volta). Desgasto os pneus até ao fim, mas depois pode compensar, pois o 2º stint é muito mais curto e já cheguei a fazê-lo com soft/soft (como em Assen - mas aí quase que me lixava que os pneus desgastaram um bocado de mais, foi no limite hehe - mas andei mais rápido).

O problema é que não tenho grande capacidade para fazer contas durante a corrida, se começo a pensar nisso acabo por me despistar na primeira curva. E quando altero dá mau resultado. Portanto geralmente é o que está no preset. Não sou um piloto tão consistente e rápido que consiga ganhar/perder uma corrida nas boxes, ainda para mais em provas de endurance. Se fossem provas pequeninas com paragem obrigatória tipo só para mudar pneus, era capaz de usar melhor o "sistema" do Ricardo, mas assim é apostar na consistência e confiar nas contas que fiz antes. :lol:

Isso e fazer as paragens o melhor que sei com as técnicas que já mencionei. :smile:

Offline Marcio Sousa

  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1120
  • Liked: 6
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #13 on: July 18, 2011, 15: 23 »
Não comecem a complicar a coisa... :acute:

Primeiro temos de colocar os "alunos" focados para as coisas básicas, para depois introduzirmos as restantes "variáveis" aos poucos, para poderem perceber o que se está a passar na realidade, de um modo gradual.

Se começamos a "bombardear" os "alunos" com todas as informações e variáveis perante uma "simples" paragem de pit, só vai haver confusão pois poderá ser areia demais para algumas camionetas  :biggrin:
Marcio Sousa - Playteam

Offline Pedro Lima Jr

  • Team Manager
  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1880
  • Liked: 162
  • Playseat + 3x24" + CSW
    • View Profile
Re: Estratégia de Pit
« Reply #14 on: July 26, 2011, 23: 13 »
Não comecem a complicar a coisa... :acute:

Primeiro temos de colocar os "alunos" focados para as coisas básicas, para depois introduzirmos as restantes "variáveis" aos poucos, para poderem perceber o que se está a passar na realidade, de um modo gradual.

Se começamos a "bombardear" os "alunos" com todas as informações e variáveis perante uma "simples" paragem de pit, só vai haver confusão pois poderá ser areia demais para algumas camionetas  :biggrin:

Por isso falei apenas em gerir os pneus e gasolina que é o realmente têm peso de inicio, de pouco me serve andar a ganhar 10 seg na box com promenores se levo 5 seg por volta, claro que 10seg podem significar 1 posição mas acho que no inicio se nos preocupamos com todas os promenores pode faltar tempo para o mais importante, treinar para não levar os 5 seg por volta...

                                 https://www.facebook.com/KfcRacingTeam

                                 http://kfcracingteam.webs.com/