Linked Events

  • SE - 2.4 Horas de Daytona: January 28, 2018

Author Topic: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova  (Read 3892 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Vítor Costa

  • Equipa de Modding | Staff
  • Lenda
  • ****
  • Posts: 21273
  • Liked: 1314
  • Team Manager - Since 2006
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Obutto Ozone + DD Augury H + Leather 28 GT Wheel + CSP V3 + CSS SQ + CSP Handbrake
  • Paddock Member: Yes
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #30 on: January 29, 2018, 14: 26 »
A minha corrida dividiu-se entre o mau e o ótimo. Não treinei mas isso não era certamente o mais importante, foi aproveitar o pouco tempo de practice para conhecer melhor o circuito e afinar a gota necessária.

O arranque foi normal atrás de toda a gente e lá fui aproveitando confusão aqui e confusão ali para me chegar ao comboio. Mais à frente apanho o José Vasconcelos à minha frente que seguia na sua corrida tranquilo e meti água da grossa. Mesmo sem ver o replay nesta altura, fico com a nítida sensação que calculei mal a ultrapassagem e a trajetória e o carro acabou por resvalar para dentro da trajetória do José e toquei-lhe com prejuízo para ele. Absolutamente desnecessário se tivesse calculado bem ou esperado por qualquer outro sítio para ultrapassar. Não foi propositado como é evidente mas fica aqui o meu pedido de desculpas que não gosto de estragar a corrida de ninguém. Ninguém fica mais chateado do que eu com a situação. Sobre o sucedido depois por 2x em plena corrida prefiro nem comentar, deixo apenas o meu pedido de desculpas ao José e o meu lamento pelo meu erro que gostava de não ter cometido.

De resto ainda tive um stress ligeiro com um protótipo no final da reta da meta mas como entrei em pião nem percebi a quem foi que toquei e que tipo de prejuízo lhe causei, se é que toquei, não consegui perceber bem na altura. Seja quem for as minhas desculpas.

Sobre o resto da corrida foi andar quase sempre atrás do prejuízo, sem grandes lutas e sem grandes problemas nas dobragens dos protótipos. Terminei em 6º dos GT3 que era provavelmente o lugar normal a ocupar nesta altura.

Como sempre sou fã destas corridas, mesmo com os erros pelo meio.

Parabéns a todos e até à próxima.

Offline Miguel Oliveira

  • Novato
  • *
  • Posts: 23
  • Liked: 5
  • Bem vindo à PTSims. Esperamos que gostes da nossa comunidade. Não te esqueças de passar na zona da apresentação para te dares a conhecer à comunidade.
    • View Profile
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #31 on: January 29, 2018, 15: 04 »
Report da prova:

É pena o que realmente aconteceu na volta de formação e na t1 apos a partida. Fui um dos lesados no incidente da t1 ficando com o carro danificado e que me levou a ir a box para corrigir principalmente a suspensão dianteira. Com a ida a box fiquei com uma volta de atraso para o penultimo dos GTDs. Depois de reparar o carro foi correr atras do prejuizo com muita ansiedade e muitas vezes ultrapassar o limite que o carro permitia, o que levou a cometer muitos erros e afundar cada vez mais o ´´navio``.

Neste tipo de corridas de multiclass, o ideal sera o GRID se posicionar em fila unica durante a volta de formação e haver um GAP entre classes de 10 segundos +- e todos circularem a X kph.
Tambem acho que não seria ma ideia em o diretor da prova avaliar (ser imparcial) de imediato os incidentes que possam existir na 1ªvolta e apos analise aplicar uma penalização (ex:drive through a cumprir nas proximas 3 voltas) ao infrator.

Ja agora aqui ficam as minhas sinceras desculpas ao pessoal (não me recordo de nomes) que dei pequenos toques.

Que venha mais provas deste genero e que o pessoal tenha mais calma e juizo nas 1ªs voltas.

Grande abraço a todos e ate a proxima ;)

Offline Ricardo Fernandes

  • Membro
  • **
  • Posts: 220
  • Liked: 150
    • View Profile
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #32 on: January 29, 2018, 16: 02 »
Súmula da Cena:

Qual. Fiz pole com pouca margem o que me fez pensar que andaram a esconder o jogo durante os treinos... mas uma pole é uma pole. Biba eu!  :bb:

Race: Saí da frente e isso é meio caminho para passar a T1 sem problemas. Assim foi. Depois vieram as cagadas.  :heat:  Saí largo e o Carlos aproveitou para me fanar a posição.  A corrida era longa e estava longe de querer arriscar o que quer que fosse, com a ultrapassagem do Carlos perdi tempo e o Viegas, esse bandido oportunista, chegou-se e ultrapassou na oval. Na aproximação aos "esses" não consegui desviar e abalroei o Viegas sem dó nem piedade.  :bomb: Viegas apanhaste-me completamente desprevenido com o teu ponto de travagem! Acredita que nem sequer queria discutir a posição naquela travagem!... Perdi mais umas posições, ao retomar a coisa e já f***** comigo, não é que volto a abalroar um desgraçado, desta vez o Jorge Alves... fodasse, estive a um cagagesimo de abandonar para não arrear em mais ninguém. a malta estava a travar muito mas muito cedo e decidi ( e cumpri religiosamente ) colocar-me sempre ao lado muito antes de chegarem os pontos de travagem. Foi remédio santo! Com os dois esbardalhanços estraguei os pneus e perdi uns 3Km/h de ponta. Puto de sorte, optei por nem arranjar os danos. A partir daqui consegui ir recuperando posições até chegar ao 1º com uma facilidade que me foi de todo inesperada! Confesso que até ao fim fui gerindo as dobragens com calma e só tive uns momentos de stress pontuais. Só acordei mais para o fim quando me deparei com a possibilidade dobrar toda a gente incluindo o Carlos e o Almeida!  :diablo: :diablo: A ideia era gozar forte com eles aqui no forum, mas já não fui a tempo!  :blush:

Volto a pedir desculpa ao Viegas e Jorge pelo meu desleixo! No caso do Viegas e a avaliar pelo pace que teve, era gajo de ser metido na luta com o Almeida, Carlos e Baltazar.
Parabéns ao Sandro que cilindrou nos GT3!

See you arround folks!  :vampire:

Offline Vítor Costa

  • Equipa de Modding | Staff
  • Lenda
  • ****
  • Posts: 21273
  • Liked: 1314
  • Team Manager - Since 2006
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Obutto Ozone + DD Augury H + Leather 28 GT Wheel + CSP V3 + CSS SQ + CSP Handbrake
  • Paddock Member: Yes
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #33 on: January 29, 2018, 19: 06 »
A minha corrida dividiu-se entre o mau e o ótimo. Não treinei mas isso não era certamente o mais importante, foi aproveitar o pouco tempo de practice para conhecer melhor o circuito e afinar a gota necessária.

O arranque foi normal atrás de toda a gente e lá fui aproveitando confusão aqui e confusão ali para me chegar ao comboio. Mais à frente apanho o José Vasconcelos à minha frente que seguia na sua corrida tranquilo e meti água da grossa. Mesmo sem ver o replay nesta altura, fico com a nítida sensação que calculei mal a ultrapassagem e a trajetória e o carro acabou por resvalar para dentro da trajetória do José e toquei-lhe com prejuízo para ele. Absolutamente desnecessário se tivesse calculado bem ou esperado por qualquer outro sítio para ultrapassar. Não foi propositado como é evidente mas fica aqui o meu pedido de desculpas que não gosto de estragar a corrida de ninguém. Ninguém fica mais chateado do que eu com a situação. Sobre o sucedido depois por 2x em plena corrida prefiro nem comentar, deixo apenas o meu pedido de desculpas ao José e o meu lamento pelo meu erro que gostava de não ter cometido.

De resto ainda tive um stress ligeiro com um protótipo no final da reta da meta mas como entrei em pião nem percebi a quem foi que toquei e que tipo de prejuízo lhe causei, se é que toquei, não consegui perceber bem na altura. Seja quem for as minhas desculpas.

Sobre o resto da corrida foi andar quase sempre atrás do prejuízo, sem grandes lutas e sem grandes problemas nas dobragens dos protótipos. Terminei em 6º dos GT3 que era provavelmente o lugar normal a ocupar nesta altura.

Como sempre sou fã destas corridas, mesmo com os erros pelo meio.

Parabéns a todos e até à próxima.

Offline Carlos Miranda

  • Diretor do CAI | Staff
  • Experiente
  • ****
  • Posts: 551
  • Liked: 305
    • View Profile
  • Simulation Hardware: I5 4670; MSI Z87 G45; 16GB DDR3; NVIDIA GTX 1050 Ti; T300+T3PA+TH8A
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #34 on: January 29, 2018, 19: 15 »
O meu resumo.

Tentando ver o copo meio cheio no que toca ao inicio de corrida, gostava de agradecer aos pilotos que vinham atras de mim, pois sem duvida o cuidado que eles tiveram evitou uma salgalhada bem maior. No meu caso, o Pedro Bragança levou um toque na traseira logo na 1ª travagem e como consequencia acabou por fazer peao e virado para o sentido contrário. Felizmente consegui evitar o agravar da situação pois já vinha a travar bastante cedo e o Pedro teve os reflexos rapidos de deixar o carro seguir em marcha atras para fora da pista. Se nao fosse essa combinação e o cuidado que os pilotos de tras tiveram, estava tudo estragado para metade do povo. Agradeço a todos, dou no entanto destaque aos que vinham mais proximos, o Nelson Sousa, Vasco Lemos e o Bruno Marques, que vinham logo atras de mim e ficamos todos a milimetros uns dos outros, mas sem toques (creio eu). Sao bons exemplos da postura a ter no inicio de qualquer corrida.

Quanto à parte "desportiva", essa para mim correu muito bem. Tendo-me qualificado em 3º dos GTD e tendo sobrevivido ao caos inicial, em pouco tempo consegui chegar ao 2º lugar e começar a ganhar alguma vantagem. As coisas ja corriam bem e a saida do Antonio Osório por causa do ping ainda ficaram mais facilitadas, pois era ele que seguia em 3º (creio eu).
A partir daí foi seguir "sozinho" pois o Sandro nao quis a minha companhia e calmamente foi desaparecendo no horizonte. Também quero dar os parabéns ao Sandro pois estava bem acima de todos os restantes, eu inclusive.
Nao sei se era o Audi que estava muito forte ou se o pessoal nao preparou isto minimamente, mas foi das provas mais calmas que tive e a certa altura ja tinha uma vantagem relativamente boa para o 3º. Apenas perdi posição temporariamente nas paragens mas pouco tempo depois recuperava com as paragens dos adversarios.
Em termos de equipa foi 1º e 2º da classe, melhor era impossivel e estou muito contente por isso.

Em termos de dobragens também nada de especial a reportar, um ou dois sustos ja nos ultimos 20 minutos, creio que resultantes do cansaço que ja todos acumulavamos.

Parabéns ao Ricardo pela vitória, também ele um nivel acima dos restantes. Deixo também uma nota para o "AAA"... Almeida o Alpinista do Assetto por mais uma escalada, desta vez nao foi até ao topo ficou logo no degrau abaixo.

Online José Almeida

  • Diretor de Operações | Administrador
  • Lenda
  • *****
  • Posts: 4116
  • Liked: 1111
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Logitech G27
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #35 on: January 29, 2018, 19: 45 »
A minha prova...

Sabia que ia ser uma tarefa quase impossível de ficar à frente do Ricardo e isso notou-se bem na prova, mas vá, começamos pelo qualy.

Fiz uma volta muito boa que me valeu P3, nunca na vida voltaria a fazer uma volta daquelas em Daytona - mesmo no limite do que conseguia.

No arranque perdi uma posição, mas com a ansiedade do pessoal todo rapidamente me vi em 2º atrás do Carlos. Quando já estávamos a dobrar pilotos cometo um erro patético... vou ao muro antes da Bus Stop porque estava em cima do Carlos e nem reparei naquele betão do meu lado direito. Resultado? Boxe e reparar o carro. Fui ainda mais estúpido porque não mudei, nem de pneus, nem meti combustível (quase que me safava de ir fazer o último splash & dash). A partir daí foi subir na tabela sempre com dobragens limpas a todos os GTD, mas nunca levantei o pé: estava tão confortável com o carro que tive sempre a puxar e só fiz um pequeno pião. A duas voltas do fim, já muito perto outra vez do Carlos (demorou-me 2 horas e tal para recuperar mas pronto), ele vai ao muro e subo à 2º lugar... mas nem perto do Ricardo que teve imparável.

Parabéns também ao Sandro Simões que tal como o Ricardo não deu hipóteses.



Na parte de administração, este evento deu para aprender muitas coisas. Tivemos pontos positivos, mas também alguns negativos que vamos tentar retificar para o próximo evento (que serão as 2.4 Horas de Silverstone em Março). Gostei de ouvir opiniões e sugestões e estamos a discutir tudo isso internamente!

Aos pilotos novos (no sim-racing), este tipo de corridas é também o mais exigente. Se esta não vos correu da melhor maneira, não se preocupem que não é nada de grave - perguntem ao resto da malta quantos erros fizeram na prova  :biggrin:
Aos novos (na comunidade), é bom ver que gostaram e espero que voltem para os futuros eventos de resistência e não só  ;)

Offline António Osório

  • Novato
  • *
  • Posts: 6
  • Liked: 1
  • Bem vindo à PTSims. Esperamos que gostes da nossa comunidade. Não te esqueças de passar na zona da apresentação para te dares a conhecer à comunidade.
    • View Profile
  • Simulation Hardware: G25
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #36 on: January 29, 2018, 22: 01 »
Na semana passada tinha dado umas voltas para conhecer a pista e tinha o objectivo de testar no fim de semana para realizar uma boa prova.

Infelizmente não houve treinos e cheguei mesmo em cima da corrida que nem deu para fazer a qualificação. Aproveitei o warm up para treinar a entrada nas boxes e dps foi meter gasolina e seguir  :biggrin:

Parti de último e fui passando por alguns acidentes nas primeiras curvas que é sempre de lamentar. Ainda tive umas voltas interessantes com o Osorio mas depois com o lag dele a minha corrida baseou-se em olhar para trás e ver quando é que vinham os protótipos.Tive quase sempre a correr sozinho mas até gostei deste formato com duas categorias :bye:

Ontem por durante a tarde não tive problemas nem durante a semana, começou a dar problemas momentos antes de entrar para a qualificação,depois, durante a qualificação a minha internet voltou a caiu (neste momento deveria ter desistido da prova) e depois de sair do servidor caiu novamente.
No meu replay, não chego a tocar em ninguém, mas acredito que devido ao meu lag tenha feito colisões.
Da próxima que a minha internet esteja com problema não participo.
Neste momento só me resta pedir desculpas e garantir que o que se passou ontem não vai voltar acontecer.

Offline Nuno Rodrigues

  • Team Manager
  • Veterano
  • ****
  • Posts: 1661
  • Liked: 527
    • View Profile
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #37 on: January 29, 2018, 23: 03 »
 Srs. Organização, porque é que a KFC não aparece na classificação por equipas?

Online José Almeida

  • Diretor de Operações | Administrador
  • Lenda
  • *****
  • Posts: 4116
  • Liked: 1111
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Logitech G27
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #38 on: January 29, 2018, 23: 24 »
Srs. Organização, porque é que a KFC não aparece na classificação por equipas?

Porque me enganei...

Online José Almeida

  • Diretor de Operações | Administrador
  • Lenda
  • *****
  • Posts: 4116
  • Liked: 1111
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Logitech G27
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #39 on: January 29, 2018, 23: 32 »
Atualizado xor Nuno

Online José Almeida

  • Diretor de Operações | Administrador
  • Lenda
  • *****
  • Posts: 4116
  • Liked: 1111
    • View Profile
  • Simulation Hardware: Logitech G27
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #40 on: January 29, 2018, 23: 35 »
Report da prova:

É pena o que realmente aconteceu na volta de formação e na t1 apos a partida. Fui um dos lesados no incidente da t1 ficando com o carro danificado e que me levou a ir a box para corrigir principalmente a suspensão dianteira. Com a ida a box fiquei com uma volta de atraso para o penultimo dos GTDs. Depois de reparar o carro foi correr atras do prejuizo com muita ansiedade e muitas vezes ultrapassar o limite que o carro permitia, o que levou a cometer muitos erros e afundar cada vez mais o ´´navio``.

Neste tipo de corridas de multiclass, o ideal sera o GRID se posicionar em fila unica durante a volta de formação e haver um GAP entre classes de 10 segundos +- e todos circularem a X kph.
Tambem acho que não seria ma ideia em o diretor da prova avaliar (ser imparcial) de imediato os incidentes que possam existir na 1ªvolta e apos analise aplicar uma penalização (ex:drive through a cumprir nas proximas 3 voltas) ao infrator.

Ja agora aqui ficam as minhas sinceras desculpas ao pessoal (não me recordo de nomes) que dei pequenos toques.

Que venha mais provas deste genero e que o pessoal tenha mais calma e juizo nas 1ªs voltas.

Grande abraço a todos e ate a proxima ;)

A parte do diretor de prova é quase impossível para nós, pelo menos. Todos queremos correr  :biggrin: . Não digo que não se consiga às vezes, mas na maior parte dos casos tal não acontece. O mais comum é o diretor de prova estar a correr como todos os outros pilotos - ultimamente tenho sido eu.

Offline Gonçalo Viegas

  • Membro
  • **
  • Posts: 78
  • Liked: 14
  • 'Nulla è vero. Tutto è Permesso!'
    • View Profile
    • Motorcycle Sports
  • Simulation Hardware: Portátil MSI GT72VR 17.3" 6RE-291PT Dominator Pro Tobii + Logitech G27
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #41 on: January 30, 2018, 00: 54 »
A minha corrida foi qualquer coisa... de brutal  :beach:

Antes de mais faço o quarto lugar para a qualificação  :blush: Fiz esse tempo na última volta e fiquei surpreso quando o consegui. Admito que não estava nada à espera.  :king:

Na corrida a história foi diferente. Logo na primeira volta salto para a segunda posição e por aí me mantenho até ao incidente na volta dois. Acho que nunca disse tanta asneira deste que comecei no simraing  :tease: :lol: :lol: Nessa altura pensei mesmo em desistir, mas tinha que honrar a equipa e apresentar justificações para o pintor da equipa me continuar a pintar os carros no futuro.  :dirol: Este ficou totalmente danificado e tive que fazer a última oval toda com o volante a 90.º. Ainda enervado e completamente 'chateado' paro na box e feito burro esqueço-me de arranjar a suspensão (espertoooo  :dance3:). Lá tive que parar novamente na volta seguinte  :shok:

A partir deste momento entrei num modo 'Senna'. A arrancar de último foi sempre a ultrapassar os GT's onde houvesse espaço sem querer estragar a corrida a ninguém. Fui passando e dou por mim a perceber que efectivamente estava com um ritmo superior.

Cheguei ao ponto de ver o Carlos (que estava a lutar pela terceira posição) a dobrar um Porsche e eu, feito maluco, a passar no meio dos dois, em plena Oval, e a dar tudo o que tinha. Estava mesmo focado em conseguir subir na classificação e chegar o mais perto da frente.

Estava de tal forma focado que nunca pilotei o carro nos treinos como o fiz em corrida. Raramente o bicho bloqueava (se bem que ainda tive o talento de ir bater com o focinho nos pneus a entrar na secção rápida) e sentia-me 90% confiante com a máquina que tinha.

Terminei num quarto lugar para minha surpresa. A levar uma volta de avanço do líder (se é que não foram duas mesmo) terminar em quarto foi uma autêntica vitória. Depois da corrida percebi que podia apenas lutar pelo terceiro posto, já que não tinha ritmo para o top2. A coisa correu bem.

Apesar do incidente, considero que foi uma corrida do caraças. Foram 2.4h de corrida e ainda podia ser mais uma horinha eheh (resistências são mesmo a minha praia)  :blush: :beach: Um dia adorava fazer, pelo menos, 4H directas, mesmo  :king:

------

Ricardo, meu malandro  :rofl:
Confesso que fiquei extremamente chateado. Vivo as corridas demais - esse é o meu problema - quase para o campo pessoal, mas depois a neura passa  :friends:
Naquela situação não podia arriscar. O meu ponto de referência era a pintura no muro e com o Carlos à minha frente não podia travar no limite e estragar-lhe a corrida. Levantei o pé para evitar o pior e o pior sucedeu-se na mesma  :mda: Depois com a cabeça fria pensei que o problema podia ser do meu ping (teve sempre a 150 e com o abandonar da malta foi baixando). Mas tá tudo fixe  :angel: :acute:

Efectivamente, há dias (não é sempre) em que o meu ping vai para os 150 quando a sala está cheia (e quando as pistas não são as originais) mas não é sempre assim.

---

De resto, e olhando para as coisas de uma forma geral tenho uma coisa a dizer. Faço corridas online desde 2013 e entrei no mundo do simracing no ano passado com o GTSeries (acho que não podemos encarar o GT5/6 como um simulador eheh) e a verdade é que esta foi a primeira corrida em que não tive nada a apontar à malta que tem um ritmo menos rápido. Foram todos excelentes. Se dei um toque ou outro foi porque travei no limite e o carro como não tem ABS não ajudou muito à festa. Mas do que me lembro os beijinhos que dei foram softs e nada de muito grave que chegasse ao ponto de criar incidentes.

Agora deixo uma sugestão no ar: Nas corridas de resistência deixo a dica à organização de colocar os danos a 100%. Isto tem prós e tem contras, mas uma das coisas que verifiquei é que o carro demora mais tempo a meter combustível do que a arranjar os respectivos problemas. Com Dano no máximo, a cautela é maior além do facto de ajudar a separar a malta daquela que dá o toque por engano daquela que dá o toque sem muita 'piedade' do outro. Acho que é um ponto que deve ser calculado.

E pronto, é mais ou menos isto que tenho a dizer. Podem contar comigo para a próxima e façam lá um campeonato de resistência seus meninos. E metam 3h à home que 2.4 só dá para coçar as orelhas  :clapping:

Bons treinos e até quarta  :bye:

Offline Ricardo Fernandes

  • Membro
  • **
  • Posts: 220
  • Liked: 150
    • View Profile
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #42 on: January 30, 2018, 10: 53 »

Com Dano no máximo, a cautela é maior além do facto de ajudar a separar a malta daquela que dá o toque por engano daquela que dá o toque sem muita 'piedade' do outro. Acho que é um ponto que deve ser calculado.

Uma vez mais peço desculpa pela minha imbecilidade, contudo, acredita que longe de mim ter-te batido por falta de cautela. O close fight está longe de ser a minha especialidade e durante os treinos para a corrida não tive grandes oportunidade de rolar perto de outros protótipos. A minha referência de travagem naquele ponto era o fim da pintura e estávamos a anos luz daquele sitio, fui apanhado completamente de surpresa, o meu reflexo foi botar o pé no travão com tudo o que fez as rodas bloquearem  o que ainda piorou mais a situação. Depois do toque ainda tentei perceber onde estavas para esperar por ti, mas com aquele cagaçal todo perdi-te completamente de vista. Aquelas 1ªs voltas foram um martírio devido às diferenças abissais com que me deparei em quase todos os pontos de travagem. Passei a colocar-me ao lado de quem seguia à minha frente ainda em recta para evitar males maiores.

Bom é isto e agora já não vale a pena bater mais no ceguinho.

 I'm really sorry mate.   :punish:



« Last Edit: January 30, 2018, 11: 29 by Ricardo Fernandes »

Offline Gonçalo Viegas

  • Membro
  • **
  • Posts: 78
  • Liked: 14
  • 'Nulla è vero. Tutto è Permesso!'
    • View Profile
    • Motorcycle Sports
  • Simulation Hardware: Portátil MSI GT72VR 17.3" 6RE-291PT Dominator Pro Tobii + Logitech G27
Re: Special Event - 2.4 Horas de Daytona: Prova
« Reply #43 on: January 30, 2018, 13: 46 »

Com Dano no máximo, a cautela é maior além do facto de ajudar a separar a malta daquela que dá o toque por engano daquela que dá o toque sem muita 'piedade' do outro. Acho que é um ponto que deve ser calculado.

Uma vez mais peço desculpa pela minha imbecilidade, contudo, acredita que longe de mim ter-te batido por falta de cautela. O close fight está longe de ser a minha especialidade e durante os treinos para a corrida não tive grandes oportunidade de rolar perto de outros protótipos. A minha referência de travagem naquele ponto era o fim da pintura e estávamos a anos luz daquele sitio, fui apanhado completamente de surpresa, o meu reflexo foi botar o pé no travão com tudo o que fez as rodas bloquearem  o que ainda piorou mais a situação. Depois do toque ainda tentei perceber onde estavas para esperar por ti, mas com aquele cagaçal todo perdi-te completamente de vista. Aquelas 1ªs voltas foram um martírio devido às diferenças abissais com que me deparei em quase todos os pontos de travagem. Passei a colocar-me ao lado de quem seguia à minha frente ainda em recta para evitar males maiores.

Bom é isto e agora já não vale a pena bater mais no ceguinho.

 I'm really sorry mate.   :punish:

Também não é a minha acredita, tanto que no Formula Series fui penalizado por uma close fight - mas aí eu tive mesmo culpa  :crazy:
Mas entendo o que queres dizer, não há stress ;)

Mas olha que se tivesses esperado tinhas ganho na mesma  :hunter:  :lol: Para a próxima diz que aditivos meteste no combustível do carro  :aggressive: :drinks: