Author Topic: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports  (Read 1856 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« on: July 06, 2015, 20: 19 »
Neste tópico serão colocadas as decisões do CAI referentes aos protestos enviados pelos pilotos e pelas equipas participantes no campeonato, bem como será colocada a análise do CAI da 1ª volta de todas as corridas.

Lembramos os pilotos que toda a informação relativa ao CAI e às penalizações se encontram nos pontos H e I das Regras Gerais dos Campeonatos de Sim-Racing da PTSims (clicar no link para aceder ao documento). As regras são de leitura obrigatória e todos os inscritos no campeonato aceitam e concordam com as mesmas.

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #1 on: July 13, 2015, 21: 03 »
CAI Report - Prova 1 - Hockenheimring

O CAI informa que não recebeu qualquer protesto referente a esta prova por parte de pilotos ou equipas.



Protestos da Organização - volta 1

Análise do CAI - situação 1: o piloto Nuno Macedo, no arranque da corrida, fica parado na grelha, o que origina um acidente envolvendo variados outros carros. Após informação pedida pelo CAI, o piloto indicou que um problema técnico relativo à saída e reentrada no servidor fez com que os pedais deixassem de funcionar, o que impossibilitou o arranque. Considera assim o CAI a situação como um incidente de corrida, não atribuindo qualquer culpa ou penalização ao piloto Nuno Macedo.

Decisão do CAI: incidente de corrida



Análise do CAI - situação 2: o piloto Rui Martins, na saída da curva 1, calca o corretor de saída, perdendo assim o controlo do carro e indo embater no piloto Jorge Augusto, causando o despiste deste e variadas perdas de posição. Considera o CAI que se trata de um incidente de corrida dadas as circunstâncias.

Decisão do CAI: incidente de corrida



Análise do CAI - situação 3: o piloto Sandro Pinho, na abordagem à curva 1, tem ao seu lado o piloto José Vasconcelos, disputando com ele a travagem. No momento da entrada em curva, o piloto Sandro Pinho tenta realizar a trajetória mais rápida sem, no entanto, ter em consideração o piloto que se encontrava ao seu lado, acabando por originar assim um toque lateral que causa o despiste de ambos. Entende o CAI que, dado o início atribulado da partida e uma possível falta de visão lateral por parte do piloto Sandro Pinho, o mesmo é apenas advertido para a situação, ficando a indicação para o futuro de que o piloto deverá ter em consideração os carros que circulam ao seu lado para evitar este tipo de toques.

Decisão do CAI: advertência

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #2 on: July 20, 2015, 20: 16 »
CAI Report - Prova 2 - EuroSpeedway Lausitz

Foi o CAI informado pelo Diretor de Prova de que ocorreu uma mudança de sessão durante a sessão oficial de Qualificação. Após uma verificação do log do servidor, verificou-se que o piloto António Ferreira foi o responsável pela mudança de sessão:

Code: [Select]
Creating vote to RESTART SESSION from  Antonio Ferreira [Talento Racing]
Driver  Antonio Ferreira [Talento Racing]  votes  true
CLIENTS, VOTES VS QUORUM
24  ,  1  vs  0
RESTARTING SESSION

Decisão do CAI: impedimento de qualificar na próxima corrida em que venha a participar



Informa também o CAI que a análise da volta 1 relativa à prova Nº 2, bem como a análise dos protestos recebidos, está ainda a decorrer. As decisões serão publicadas assim que tal for possível, ao abrigo da alínea 13 do Ponto H das Regras Gerais dos Campeonatos de Sim-Racing da PTSims.

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #3 on: July 23, 2015, 18: 34 »
CAI Report - Prova 2 - EuroSpeedway Lausitz (cont.)

Piloto que protesta: Jorge Augusto
Equipa: Reverse Gear Motorsport
==============================
Piloto protestado: Lucas Lobo
Equipa: ---
-------------------------------------------------------
Momento do replay: volta 7, parabólica interior

Análise do CAI: o piloto Lucas Lobo, na travagem para a curva mencionada, dá um toque na retaguarda do piloto Jorge Augusto, causando o despiste deste e perda de posições. O piloto Lucas Lobo é considerado responsável pelo acidente.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos



Piloto que protesta: Jorge Augusto
Equipa: Reverse Gear Motorsport
==============================
Piloto protestado: Lucas Lobo
Equipa: ---
-------------------------------------------------------
Momento do replay: volta 8, parabólica interior

Análise do CAI: não viu o CAI na volta e momento mencionados qualquer situação digna de análise. O protesto é assim considerado nulo.



Protestos da Organização - volta 1

Análise do CAI - situação 1: o piloto Sandro Pinho, na travagem para a curva 1, embate na retaguarda do piloto Jorge Augusto, fazendo-o perder o controlo do carro e embater no piloto Alexandre Martins, com prejuízo claro para ambos. O piloto Sandro Pinho é considerado responsável pelo acidente e, dado ter acontecido na curva 1, onde repetidamente é pedido mais cuidado aos pilotos, o piloto é mais severamente penalizado.

Decisão do CAI: perda de 10 pontos e impedimento de qualificar na próxima corrida em que venha a participar



Análise do CAI - situação 2: o piloto Mário Peixoto (linha exterior) e o piloto Pedro Silva (linha interior), durante a curva 1, circulam lado a lado e acabam por originar um toque lateral entre si, com prejuízo para o piloto Pedro Silva. Entende o CAI que, dadas as circunstâncias, se trata de um incidente de corrida.

Decisão do CAI: incidente de corrida



Análise do CAI - situação 3: o piloto Pedro Roldan (linha exterior) e o piloto Carlos Santos (linha interior), durante a curva 1, circulam lado a lado e acabam por originar um toque lateral entre si, com prejuízo para ambos. Entende o CAI que, dadas as circunstâncias, se trata de um incidente de corrida.

Decisão do CAI: incidente de corrida



Análise do CAI - situação 4: o piloto António Ferreira, na primeira reta interior, efetua uma súbita mudança de direção para a esquerda, atravessando uma parte considerável do traçado e, com isso, originando um toque lateral entre si e o piloto Luís Ferreira. Embora não tenha o piloto tocado sofrido perda de controlo do carro, entende o CAI que a mudança de direção, nas condições em que foi efetuada, implica uma penalização ao piloto António Ferreira para o advertir de que este tipo de comportamento não é admissível em prova.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos



Análise do CAI - situação 5: O piloto Luís Ferreira, na abordagem à curva 6, falha o ponto de travagem e embate na lateral do piloto Alexandre Martins, que já se encontrava a realizar a curva, fazendo-o perder o controlo do carro. O piloto Luís Ferreira é considerado responsável pelo acidente.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos



Análise do CAI - situação 6: o piloto Alexandre Martins, na saída da curva 8, embate na lateral do piloto Lucas Lobo, que se encontrava a realizar a curva, fazendo-o perder o controlo do carro e uma posição. Após o toque, o piloto Alexandre Martins fica encostado ao raile de proteção, acabando depois por sair em marcha-atrás para a linha de corrida enquanto outros carros se aproximavam. Com isto, acabou por provocar um acidente entre si e o piloto Pedro Roldan. Considera o CAI que o piloto Alexandre Martins é não só considerado culpado pelo acidente inicial, como também não regressou à pista nas devidas condições de segurança, com isto causando um grave acidente que era totalmente evitável.

Decisão do CAI: perda de 10 pontos e impedimento de qualificar na próxima corrida em que venha a participar
« Last Edit: July 24, 2015, 09: 54 by PTSims Racing »

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #4 on: July 27, 2015, 19: 31 »
CAI Report - Prova 3 - Oschersleben

O CAI informa que não recebeu qualquer protesto referente a esta prova por parte de pilotos ou equipas.



Protestos da Organização - volta 1

Análise do CAI - situação 1: após análise cuidada da curva 1, detetou o CAI duas situações que contribuíram para um acidente entre 11 pilotos. Numa das situações, os pilotos João Nunes (linha interior) e André Bonaparte (linha exterior) tocam-se lateralmente, não atribuindo aqui o CAI culpa a nenhum dos dois dadas as características desta curva, considerando que o toque é um incidente de corrida. Logo após este toque inicial, o piloto André Bonaparte continua a virar para a direita, embatendo por 3 vezes consecutivas no piloto João Nunes e acabando por fazer com que ambos os pilotos entrem na relva. Aquando da saída da relva, o piloto João Nunes perde o controlo do carro e este fica atravessado, sendo tocado pelo piloto André Bonaparte e ficando ambos no meio da linha de corrida. Na outra situação, o piloto Mário Peixoto (linha interior) toca na lateral do piloto piloto Ricardo Claro (linha exterior), causando uma ligeira perda de controlo do carro deste e posterior abrandamento, o que fez com que o piloto Ricardo Claro embatesse nos já mencionados João Nunes e André Bonaparte.

Entende o CAI que, embora o acidente seja fruto de um conjunto de duas situações, quer o piloto André Bonaparte, quer o piloto Mário Peixoto possuem alguma culpa no mesmo, pelo que os penaliza em função dos toques dados nos pilotos João Nunes e Ricardo Claro, respetivamente.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos e impedimento de qualificar na próxima corrida em que venham a participar



Análise do CAI - situação 2: o piloto Pedro Roldan, na travagem para a curva Triple, embate na retaguarda do piloto Pedro Silva, fazendo-o perder o controlo do carro. O piloto Pedro Roldan é considerado responsável pelo acidente. Na sequência deste acidente, o piloto Pedro Roldan reentra em pista de forma descontrolada, provocando um acidente com o piloto Ricardo Claro. Entende o CAI que esta segunda situação é um incidente de corrida, dado o piloto Pedro Roldan se encontrar em despiste e, portanto, não ter controlo sobre o carro.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #5 on: August 04, 2015, 20: 12 »
CAI Report - Prova 4 - Red Bull Ring

O CAI informa que não recebeu qualquer protesto referente a esta prova por parte de pilotos ou equipas.



Protestos da Organização - volta 1

Análise do CAI - situação 1: logo após o arranque, os pilotos André Bonaparte e Carlos Santos efetuam mudanças de direção na tentativa de equilibrar o carro após um arranque pouco cauteloso. O embate lateral entre ambos provoca um acidente entre outros pilotos que seguiam atrás. Entende o CAI que quer o piloto André Bonaparte, quer o piloto Carlos Santos não foram suficientemente cautelosos no arranque e criaram assim um acidente totalmente evitável. Dado o arranque ser a altura mais problemática de uma corrida, devido à proximidade dos carros, não é admissível que à quarta prova os pilotos arraquem desta forma e que, ao corrigir as trajetórias sem o devido cuidado, provoquem acidentes nos segundos iniciais da corrida. Entende o CAI que ambos são responsáveis na mesma medida pelo acidente.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos para cada piloto



Análise do CAI - situação 2: na reta que precede a curva 1, os pilotos Luís Ferreira e André Bonaparte circulam lateralmente e muito próximos um do outro, acabando por entrar em rota de colisão, o que faz com que a frente do carro do piloto André Bonaparte embate na lateral traseira do carro do piloto Luís Ferreira, com consequências para ambos e para um terceiro piloto, que acabou envolvido no despiste. Entende o CAI que se trata de um incidente de corrida, mas chama a atenção dos pilotos para, quando circularem lado a lado, terem cuidados redobrados.

Decisão do CAI: incidente de corrida



Análise do CAI - situação 3: na saída da curva 3, o piloto Lucas Lobo calca o corretor da mesma e perde o controlo do carro, embatendo no piloto Ruben Almeida, com prejuízo para este. Entende o CAI que, dadas as circunstâncias, se trata de um incidente de corrida.

Decisão do CAI: incidente de corrida

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #6 on: August 10, 2015, 18: 56 »
CAI Report - Prova 5 - Brands Hatch GP

O CAI informa que não recebeu qualquer protesto referente a esta prova por parte de pilotos ou equipas.



Protestos da Organização - volta 1

Análise do CAI - situação 1: na abordagem à curva 2, o piloto André Bonaparte trava demasiado tarde e embate no piloto Nuno Macedo, que já se encontrava a realizar a curva, que por sua vez embate noutro piloto, o que causa um grave acidente entre vários carros. Logo de seguida, o piloto André Bonaparte reentra na pista sem o devido cuidado, acabando por provocar novo acidente grave com outros pilotos. Considera o CAI que o piloto é responsável por ambos os acidentes, acidentes esses que eram totalmente evitáveis com um pouco mais de cuidado e que condicionaram as corridas de vários pilotos.

Decisão do CAI: desqualificação da corrida em questão e perda de todos os pontos obtidos na mesma



Análise do CAI - situação 2: o piloto Ricardo Martins, após ter ido parar junto ao raile de proteção fruto do acidente descrito acima, faz marcha-atrás de regresso ao asfalto, provocando um acidente com o piloto Rui Martins. O piloto Ricardo Martins é considerado responsável pelo acidente, uma vez que não regressou à pista nas devidas condições de segurança.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos

Offline Comissão de Análise de Incidentes

  • Administrador
  • Membro
  • *****
  • Posts: 334
  • Liked: 17
    • View Profile
Re: DTM Series: 2015 Edition - CAI Reports
« Reply #7 on: August 14, 2015, 21: 09 »
CAI Report - Prova 6 - Nürburgring Nordschleife

O CAI informa que não recebeu qualquer protesto referente a esta prova por parte de pilotos ou equipas.



Protestos da Organização - volta 1

Análise do CAI - situação 1: na abordagem às curvas 1/2, o piloto José Almeida dá um toque na retaguarda do piloto Mário Peixoto, causando uma perda de posição. O piloto José Almeida é considerado responsável pelo acidente.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos



Análise do CAI - situação 2: o piloto António Ferreira, na travagem para a curva 3, segue pela relva fora e regressa à pista embatando na retaguarda do piloto Sandro Pinho, causando o despiste deste e perda de posições. O piloto António Ferreira é considerado responsável pelo acidente.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos



Análise do CAI - situação 3: o piloto Alexandre Martins, numa das retas interiores, tenta a ultrapassagem a 3 carros de forma consecutiva, acabando por entrar na relva e perder o controlo do carro, embatendo em dois dos três pilotos, com consequências graves para todos. Considera o CAI que, dadas as circunstâncias do traçado e dos pilotos presentes, o piloto Alexandre Martins não foi cuidadoso na ultrapassagem, o que levou a um acidente totalmente evitável ainda na volta 1.

Decisão do CAI: perda de 5 pontos